Por que a menstruação atrasou?

Por que a menstruação atrasou?

O atraso menstrual é um problema muito comum em mulheres de várias idades, apesar de não ser o mais indicado. Dependendo da faixa etária feminina, ele indica que algo está errado com a saúde íntima da mulher e que a falta de cuidado pode acarretar doenças genitais.

Os motivos ou causas para o atraso menstrual estão desde fatores de idade até mesmo questões emocionais. Em casos mais comuns, é possível que a mulher se enquadre em casos de:

  • Gravidez
  • Excesso de estresse
  • Ansiedade
  • Nervosismo
  • Noites mal dormidas
  • Doenças genitais
  • Excesso de atividade física
  • Perda de peso excessiva
  • Má alimentação

Dentre outros…

Meninas que começaram a vida sexual ou iniciaram o período da menstruação agora, é comum que esse atraso ocorra até que ela esteja habituada com as novas fases do corpo. Contudo é importante que preste atenção num detalhe: meninas que já passaram dos 18 anos não devem ter os atrasos considerados normais.

Mulher (Foto: Reprodução)

Estima-se que um atraso menstrual comum ou menos grave, pode durar até 10 dias, ainda que a mulher esteja tomando anticoncepcional. É importante que ela entenda a necessidade de tomar medidas corretas quando o problema for decorrente.

O que fazer?

Quando a sua menstruação atrasar, o primeiro passo é se dirigir ao consultório do seu ginecologista. Se esse lhe acompanhar mensalmente, será mais fácil identificar os problemas, em outros casos serão necessários alguns exames e perguntas que poderão lhe indicar um diagnóstico.

Já para doenças genitais, é provável que você esteja também tendo presença de corrimentos, sejam esses de cores claras ou escuras. Lembrando que um corrimento só pode ser considerado prejudicial a saúde feminina quando ele vem acompanhado de odor fétido e coceira.

Se houver suspeita de gravidez, o primeiro passo é procurar um teste de farmácia. Em estado positivo, dê seguimento ao exame de sangue para comprovação imediata. Toda mulher precisa de cuidados íntimos para manter seu bem estar e sobretudo estar saudável sexualmente.

Em caso de comprovação de uma DST ou infecção na genital, o seu parceiro sexual também deve ser tratado. Nenhuma dessas informações podem anular a avaliação médica.

Veja os motivos da sua menstruação atrasada

Sem dúvida alguma, o grande terror das mulheres, principalmente as mais jovens, é a menstruação atrasada. O primeiro motivo e mais óbvio é a gravidez, e isso por si só já é motivo para grandes preocupações de vida. Apesar desse ser o “motivo principal! Na maioria das vezes que a menstruação atrasa, a mulher não está necessariamente grávida.

Existem muitos outros motivos que podem influenciar num possível atraso do ciclo menstrual e conhece-los é essencial não só para manter a calma nessas horas, mas também para entender melhor sobre o seu próprio corpo. Visando esclarecer esses motivos, o DicasFree preparou uma lista de possíveis motivos para atrasos na menstruação.

Stress

O ciclo menstrual é muito ligado a mulher em geral, sendo que situações de ansiedade e stress podem interferir e atrasar a menstruação em alguns dias. Essa situação acaba sendo muito comum, pois os surtos de ansiedade podem acontecer com trabalho excessivo, situações traumáticas, términos de relacionamento, brigas conjugais, etc.

Até mesmo o stress pode estar relacionado aos atrasos menstruais (Foto: Reprodução)

Medicamentos e doenças

Alguns medicamentos podem interferir no ciclo menstrual da mulher, ocasionando em atrasos. Remédios antidepressivos, corticoides, imunossupressores, quimioterapia em geral, anti hipertensivos podem interferir nesse sentido. No caso dos antibióticos, o atraso pode estar vinculado mais a doença que está sendo tratada, como uma gripe, outras viroses e infecções simples ou mais complexas.

Ciclo irregular

Muitas mulheres não tem o ciclo bem definido e isso influi diretamente na contagem dos dias. Mesmo que na tabelinha esteja tudo certo, é possível que menstruação venha bem antes ou depois do tempo previsto. Nesse caso, é recomendado que falar com seu médico ginecologista para receitar um bom anticoncepcional. Além de evitar a concepção indesejada, torna o ciclo regular.

Emagrecimento e obesidade

As gorduras contribuem na produção de estrogênio, que é intimamente ligado a ovulação. Mulheres obesas podem ter um atraso na menstruação devido a produção desse hormônio em excesso. Mulheres que emagreceram muito em um pequeno período de tempo também podem apresentar atrasos, afinal, menos gordura, menos produção de estrogênio. No caso de magreza extrema, com em quadros de anorexia, é possível que ovulação seja interrompida.

Amamentação

Mulheres que tiveram um filho recentemente podem ficar um tempo de ovulação devido a produção de hormônios responsáveis pela produção do leite materno.

Menarca

A menarca é o primeiro ciclo menstrual e costuma vir na adolescência e em alguns casos, durante a infância feminina. É comum que os primeiros anos de menstruação sejam irregulares, ou seja, tenham atrasos frequentes.

SOP, amenorreia e menopausa

A síndrome dos ovários policísticos pode ser responsável pelo atraso e até amenorreia em alguns casos. Isso porque nesse quadro, a mulher acaba produzindo androgênios em excesso, inibindo a ovulação. Outros problemas também podem ser associados a amenorreia como os problemas de tireoide. Por último, a menopausa pode estar associada a falhas no ciclo menstrual. Costuma ocorrer aos 45 à 60 anos, dependendo da mulher.

Gravidez

A gravidez é o motivo talvez mais óbvio. Quando ocorre a concepção, a parede do endométrio não se descama, pois todo o material (descartado como menstruação em caso de não concepção) será utilizado para suprir o zigoto que mais tarde tornar-se-á um bebê.

Pausas no anticoncepcional

Tanto pausas como a troca de anticoncepcionais podem surtir efeito na menstruação, podendo ocasionar em atrasos ou até amenorreias temporárias. Algumas mulheres podem demorar de 3 à 6 meses (depois de uso do anticoncepcional por anos) para normalizar o ciclo depois da parada total com anticoncepcional.

 

Doenças que atrasam a menstruação

A menstruação é um processo normal vivido pela mulher em praticamente boa parte de sua vida. Período bem longo, que determina a fertilidade da mulher, pois seu corpo já está preparado para conceber uma gestação. A menstruação simplesmente é a descamação do endométrio (parede do útero), que acontece em determinado ciclo, e cada mulher tem um ciclo diferente.

Como o organsimo de cada mulher funciona de maneiras distintas de acordo com o ambiente, hábitos de vida e etc, pode ser que eventuais distúrbios no ciclo aconteçam, como pequenos ou grandes atrasos na menstruação. Muitas mulheres que sofrem esses atrasos, ficam preocupadas com a mudança, mas pode ser algo simples de resolver.

O atraso pode surgir por diversos fatores – mudanças hormonais, uso de medicamentos, estresse, e idade, problemas emocionais, excesso de exercícios físicos, má alimentação, distúrbios alimentares como anorexia e bulimia.

Lembrando que quando há vida íntima ativa sem uso de qualquer contraceptivo, pode ser que exista a possibilidade de ser uma gravidez, mas somente se houver acontecido a relação sem proteção.

Outras situações mais graves podem acarretar o atraso da menstruação. São condições em que a mulher pode estar acometida, ou doenças do próprio órgão reprodutor feminino.

Exemplos:

  • Amenorréia – significa ausência de menstruação, podendo ser classificada em primária que ocorre de forma esporádica, ou secundária, que é a ausência de menstruação por um período maior do que 3 meses em mulheres que anteriormente já apresentaram ciclos menstruais normais.
  • Oligomenorréia – ciclos menstruais irregulares e infrequentes não é uma doença por si mesma, mas sim o sintoma de alguma condição. Exemplo: muitas mulheres com síndrome dos ovários policísticos.
  • Insuficiência Ovariana Prematura – consiste na incapacidade dos ovários em manterem seu funcionamento normal em pacientes com idade inferior à 40 anos. As mulheres podem não menstruar ou ter a menstruação irregular.

Quando houver um atraso da menstruação que durar por um período muito longo, é importante procurar um profissional capacitado, ou seja, o ginecologista que poderá fazer um diagnóstico adequado para identificar o problema e fazer o tratamento para normalizar o ciclo.

Atraso menstrual causas e motivos

Cada mulher possui uma determinada característica fisiológica, mas em geral, todas passam pelo mesmo processo de desenvolvimento da sua feminilidade, que envolve totalmente a sua fertilidade.

Quando alcançam uma certa idade, o organismo começa a mudar cada vez mais, dependendo do momento de cada pessoa, e os ciclos se tornam regulares ao longo do tempo. Aproximadamente depois dos 40 anos, eles voltam a ser irregulares, na chegada da menopausa – período em que a mulher deixa de menstruar e também pára- de produzir hormônios importantes para a sua saúde.

O que geralmente é associado ao atraso da menstruação é a menorreia secundária – tipo de anormalidade que interfere no ciclo menstrual, causando a sua ausência. Pode durar em um período equivalente ou maior que 3 meses. No entanto, essa anormalidade não é caracterizada como doença, mas precisa ser tratada porque ela indica que algo no organismo não está funcionando corretamente. Toda mulher poder ter irregularidades pelo menos 3 vezes ao ano.

Em média, cerca de 10% das mulheres apresentam amenorreia secundária, principalmente as que usualmente ingerem hormônios masculinos, praticam exercícios físicos em excesso e fazem demasiados dietas.

Outros fatores importantes causam a ausência da menstruação, especialmente quando já se tem vida íntima ativa. Podem existir diferentes motivos como uso de medicamentos, estresse, alterações emocionais, problemas com o sistema nervoso, falta de ferro no organismo, mudança de temperatura, alterações de peso – anorexia, obesidade, síndrome dos ovários policísticos, falência ovariana – quando a menopausa começa antes dos 40 anos.

O tratamento é específico de cada caso. O médico irá indicar quais medidas serão suficiente para resolver o problema. Através de exames clínicos ele pode constar as causas e também o estágio da anormalidade. O comum é realizar exames de sangue, urina, ecografia transvaginal e alguns exames de taxa hormonal. Se houver suspeitas sobre o problema estar associado ao sistema nervoso central, pode ser solicitado uma tomografia cerebral.

Menstruação Atrasada gravidez e corrimento

Toda mulher já sofreu com esses desconfortos, ou ainda sofrerão. Menstruação atrasada, suspeita de gravidez e corrimento são bastante comuns. Geralmente nem procuramos um médico quando a menstruação atrasa ou quando estamos com um corrimento. Isso pode ser um erro na maioria das vezes. No decorrer deste texto saberemos mais sobre cada um.

• Menstruação atrasada –

A primeira coisa que pensamos quando a menstruação atrasa, é gravidez. Nem sempre pode ser isso, menstruação atrasada pode ocorrer devido diversos fatores, médicos afirmam que é completamente normal a menstruação atrasar em até 3 dias. Mulheres com o ciclo regular também podem sofrer com isso. Se a sua menstruação atrasou, não se preocupe, é normal. Caso passe de 5 dias, você deverá procurar um médico para saber as causas desse atraso.

Em meninas de 13 a 18 anos, é mais que normal a menstruação vir atrasada, não é necessário se preocupar ou procurar um médico imediatamente, a não ser que já esteja muito atrasada. Estresse e ansiedade também podem gerar o atraso na menstruação.

• Gravidez –

Estar grávida é geralmente algo bom e esperado por mulheres acima de 23 anos. Se isso ocorre durante a adolescência o transtorno familiar é maior. Por isso é tão dito que a camisinha se faz completamente necessária durante as relações sexuais, evita gravidez e também doenças sexualmente transmissíveis. Os primeiros sintomas de gravidez são tonturas, enjôos matinais, atraso menstrual, crescimento dos seios e desejos estranhos.

O primeiro passo depois de desconfiar de uma gravidez é procurar o teste de farmácia, se o resultado for positivo, procure um exame de sangue. Enfim, procure um médico para começar a preparar seu pré-natal. E caso esteja convicta de sua gravidez procure arrumar todo enxoval do seu bebê.

• Corrimento –

Corrimentos são frequentes, diferentes uns dos outros, mas todos são prejudiciais. O corrimento amarelado ou acinzentado é o mais perigoso, se não cuidado pode virar algo muito sério como o câncer no colo do útero. Outro corrimento comum é o branco, esse também conhecido como corrimento vaginal. Ele não tem um cheiro forte e é cheio de pequenas bolinhas brancas, é menos perigoso, mas deve ser tratado o mais rápido possível.

As causas do corrimento são geralmente as mesmas, lavagem indevida das peças íntimas, roupas de lycra em excesso que impedem a ventilação do órgão genital, gravidez, infecções urinárias e muitos outros. Se você estiver identificado algum tipo anormal de corrimento, deve conversar com o seu médico o quanto antes. Ele certamente lhe passará o tratamento adequado para o seu caso.

Para qualquer um destes três quadros, você deve procurar seu ginecologista. Tratamentos adequados, informações sobre a doença, causas, prevenção e todas essas coisas, você só poderá obter respostas concretas através dele.

É importante que você saiba que mesmo que pareçam rotineiras, podem virar câncer, o corrimento pode ser um começo. Então não brinque com sua saúde genital, procure seu médico, siga as instruções e mantenha uma boa higienização de suas peças íntimas e sua vagina. Isso provavelmente impedirá que você sofra com o desnecessário.