DicasFree.com » Saúde » Pular corda melhora o condicionamento físico

Pular corda melhora o condicionamento físico

Compreenda neste artigo os principais benefícios de pular corda, além de entender como ela pode proporcionar melhor desempenho ao corpo. Clique aqui!

     

Você sabia que pular corda é mais que uma brincadeira de criança? A prática vai muito além para quem deseja ter um bom condicionamento físico. Além disso, ela pode incluir outros benefícios como:

  • Perda de peso.
  • Melhora no funcionamento do coração em relação ao bombeamento de sangue.
  • Fortalecimento dos músculos das pernas.
  • Disposição para realizar diversas tarefas do cotidiano.

O ato de pular, flexionar os joelhos e esticá-los novamente quando os pés encontram o chão, promove elasticidade ao corpo. O simples movimento faz com que haja também a queima calórica.

Assim, o coração trabalha mais, dando funcionamento adequado às demais áreas do corpo. A atividade também é muito realizada por pugilistas, lutadores de MMA e atletas que praticam ginástica artística e rítmica.

Pular corda.
(Foto: Reprodução)

Quem deseja ter resistência física já pode começar a pular corda. Lembrando que antes de qualquer exercício, é importante fazer o alongamento, afim de evitar quaisquer complicações como determinadas lesões.

Pular corda exige esforço, durante o ato, ocorre a contração de todos os músculos e dos membros inferiores e superiores, portanto é necessário que tenha uma alimentação regrada.

Como praticar?

Inicialmente é indicado que efetue por apenas 40 segundos diários e vá aumentando essa frequência conforme o corpo for ganhando resistência. Faça intervalos de um minuto e meio para recuperar o fôlego, volte à prática e mantenha sempre uma garrafa de água por perto.

Para emagrecer, alie-a à uma dieta saudável. O exercício pode ser aplicado por qualquer pessoa, mas é interessante que procure orientação médica e física antes da realização (somente por precaução). O profissional especializado, após a avaliação física, saberá os seus limites.

Complicações que podem surgir com o exercício

  • Lesões nos joelhos, coxas e panturilhas.
  • Arritmia cardíaca.

Atenção!

Outro ponto importante é escolher com atenção a corda a ser utilizada, converse com um profissional da área de educação física, esse saberá lhe orientar sobre o tamanho adequado para sua altura. 

Posts relacionados

  • Conheça os alimentos ricos em magnésio
  • Sinais do Hipo e Hipertiroidismo
  • Como fazer batata doce no micro-ondas
  • Água alcalina faz mal para a saúde
  • Quantos dias podemos ficar sem comer
  • Comportamento de uma pessoa bipolar
  • Obesidade na infância e na adolescência
  • Sintomas das primeiras semanas de gravidez
  • Tontura, enjoo e vômito
  • Dieta do feijão para emagrecer
  • Como ter um alimentação saudável para emagrecer
  • Simples Passos para Aumentar a Autoestima Feminina ou Masculina [GARANTIDO]
  • Sinais e sintomas de menstruação
  • O que causa pedra na vesícula
  • Como regular a temperatura do corpo durante a menopausa
  • Gravidez com corrimento?
  • Quem pode trabalhar com pilates?
  • Exercícios que acabam com a celulite
  • Pilates faz mal pra coluna?
  • Como diminuir a barriga
  • Dieta vegetariana
  • Receitas saudáveis e coloridas para incentivar crianças a comer
  • Hábitos que engordam
  • Como deixar a casa mais arejada
  • Dormir com travesseiro alto da dor de cabeça
  • Plantas medicinais
  • Chá Ti Kuan Yin
  • Vitaminas vitais ao corpo humano
  • Como ter uma barba cheia
  • 5 alimentos proibidos na dieta para emagrecer

  • Quer comentar ?