Como preparar a casa para receber um bebê?

Conforme o tempo passa, a expectativa aumenta com relação ao novo membro, se a gestante se demonstra ansiosa, imagine o restante da família? O preparo para melhor recepcionar o bebê vão desde questões práticas, como decoração do quarto até mudança de rotina. Atendendo assim a necessidade do integrante.

Se você se encontra nessa situação, sendo mamãe ou papai, confira algumas de nossas dicas para deixar o ambiente pronto para receber o baby. A chegada de um filho sempre vem acompanhada de fortes emoções, os desafios terão de ser enfrentados dia após dia.

Chegada de um bebê.
(Foto: Reprodução)

Como bem sabemos, ninguém nasce pronto para ser mãe ou pai, essas coisas serão aperfeiçoadas de forma gradativa e totalmente natural, como dizem por aí “vivendo e aprendendo”.

Como organizar a casa?

A casa é o conforto e fortaleza do pequeno. Será neste ambiente que ele se desenvolverá e aprenderá os costumes dos pais, por isso é muito importante começar organizando o quarto.

O local nos primeiros meses deve ser semelhante ao útero. Pouco espaçoso e aconchegante, com uma temperatura estável e quentinha. As cores devem remeter tranquilidade, portanto, sendo menino ou menina, escolha sempre as “cores bebê”.

Não se esqueça que é indispensável móveis como:

  • Criados-mudo
  • Berço
  • Guarda-roupa
  • Poltrona para amamentar
  • Lixeira
  • Armário para fraldas

No banheiro, é necessário que o piso seja antiderrapante, contendo um local para pendurar a tolha e um cesto, lá também deve estar guardado para uso a banheira e todos os utensílios necessários para dar banho.

A sala deverá ter mais espaço e ganhará um carrinho de bebê como objeto de decoração, lembrando que esse deve vir com o selo do Inmetro (garantindo a qualidade do produto). Por possuir grandes quantidades de tomadas, providencie capas.

Observação: Assim que a mulher descobrir a gravidez, a fiação elétrica deverá ser reparada para que as tomadas sejam instaladas em uma altura segura, superior a um metro e meio. Evitando graves transtornos como choques elétricos.

Redes de segurança nas janelas são essenciais tanto para quem mora em apartamento, quanto para quem mora em casa. Na fase de engatinhar, o bebê se torna muito curioso e até ágil, poderá subir em sofás e camas acabando por sofrer uma queda.

É importante que os pais estejam cientes de que a criança precisará de cuidados excessivos. Bebês são frágeis, a fase da descoberta pode trazer alguns prejuízos a sua saúde, sendo então responsabilidade dos pais garantir sua segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.