DicasFree.com » História » Quem governou a França durante 1799 e 1815

Quem governou a França durante 1799 e 1815

O governo francês de 1799 à 1815 talvez tenha um dos mais importantes de todo o mundo moderno. Acompanhe este artigo e compreenda!

     

A tão aclamada Revolução Francesa com certeza fez o chão das poderosas monarquias europeias tremerem. Na própria França, o rei Luís XVI foi morto e mais outras centenas de nobres perderam suas cabeças na guilhotina. Apesar da revolução ter derrubado o governo opressor e centralizador do rei sol, os procedentes dessa ação política foram marcados por anos de terror e caos. (Para entender melhor sobre a Revolução Francesa, acesse uma matéria aqui do Dicas Free clicando aqui)

Para garantir algum tipo de poder político, foi criado o Diretório, forma de governo que encontrou muitas dificuldades em pacificar os ânimos. Burgueses e jacobinos não se entendiam e exerciam suas influências a todo custo para conseguirem privilégios e a concretização de seus ideais. Ocorreu que, como muitos previam, um governo autoritário iria se instaurar.

Napoleão Bonaparte – a herança da revolução

Bonaparte nasceu no ano de 1769 em Córsega, parte do território francês e desde cedo se dedicou a vida militar. Era um homem cativante, de boa retórica e de grande popularidade, além de ser um exímio estrategista. Aos 19 anos, assumia o posto de tenente na artilharia francesa, fazendo sua carreira militar até o posto de general, aos 27 anos.

Quadro de Napoleão Bonaparte (Foto: Reprodução)

O sucesso na carreira militar se deu principalmente devido as vitórias em batalhas na Itália e no Egito, guerras que ele venceu e com isso, garantiu ainda mais popularidade. Napoleão tinha todas as qualidades para assumir o comando da França e entoar a ordem naquele país. Não apenas devido ao caos, mas também as pressões monarquistas estrangeiras, Napoleão deflagra do Golpe 18 de Brumário em 1799, destituindo o Diretório e tornando-se o primeiro cônsul da França.

O primeiro governo ficou conhecido como consulado, ainda uma República francesa. Nessa etapa, Napoleão tentou manter seus esforços em garantir os interesses da burguesia (nova elite francesa) a força, reprimindo a imprensa, direitos individuais e caçando os opositores do governo. Até mesmo em outras  ações a burguesia foi inegavelmente favorecida.

No consulado, podemos citar como grandes feitos como a criação do Banco da França e o estabelecimento de uma nova moeda mais forte e protecionista; o Código Napoleônico, que em tese garantia direitos iguais a todos perante a lei, direito a propriedade privada, casamento civil, entre outros; concordata com a Igreja Católica; reestruturação do sistema educacional francês.

Expansionismo Napoleônico

As relações diplomáticas com Inglaterra já não estavam boas e o reinício das guerras em 1803 proporcionou o momento perfeito para que Napoleão fundasse o novo império romano. Contrariamente a revolução e tendo apoio dos burgueses, Napoleão cria uma nova Constituição para legitimar o império e convoca um plebiscito. O império é aceito com aproximadamente 60% os votos.

Em 1804, Napoleão se tornava o novo imperador da França com poderes praticamente absolutos. Prisões arbitrárias, perseguições aos opositores, repressão da liberdade de expressão e até mesmo interferências no setor educacional francês para o controle de matérias perigosas ao regime tornaram-se comuns.

A coroa francesa agora virava-se para o mundo e assumia sua postura imperial e expansionista. Sucessivas invasões vitoriosas estenderam as fronteiras da França e tornaram seu exército o mais poderoso da Europa. A aliança entre Inglaterra, Rússia e Áustria perdia muitas batalhas em terra, mas tornava-se vitoriosa em mar devido a marinha real inglesa.

Invadir a Inglaterra por mar tornou-se uma tarefa inviável ao exército napoleônico. A solução encontrada foi o Bloqueio Continental, uma proibição a todos os países europeus a abrirem seus portos para Inglaterra, uma tentativa de sufoca-la economicamente. Alguns países não aderiram ao bloqueio, como Portugal, por exemplo, no famoso fato da vinda da família real ao Brasil para estabelecer uma nova sede do império Português.

Rússia e Áustria também não aderiram, apesar de terem se aliado a França, não conseguiram sustentar o bloqueio por muito tempo. Isso fez com que napoleão invadisse a Rússia e mesmo vencendo várias batalhas, teve de se retirar devido ao inverno rigoroso. Áustria e Prússia juntaram-se a Rússia e invadiram Paris em 1814, tomando a cidade e estabelecendo o governo de Luis XVIII.

Uma fuga espetacular

Napoleão foi exilado em uma prisão da ilha de Elba, onde teve de reconfigurar suas mais novas estratégias. Conseguiu recrutar alguns guardas para seus ideais e fugiu em março de 1815. Com movimentação de melícias e convencendo centenas de pessoas a segui-lo, o antigo monarca conseguiu depor Luís XVIII e assumir novamente o poder.

Esse ficou conhecido como o Governo de Cem Dias. Napoleão tentou uma última investida militar contra a Bélgica, mas foi derrotado na Batalha de Waterloo, sendo aprisionado na Ilha de Santa Helena. Nessa ocasião, o antigo general francês não pôde fugir e acabou falecendo em 1821.

Posts relacionados

  • Formas de Governo Monarquia
  • Lula vira ministro
  • Teoria das formas de governo para Aristóteles
  • Como foi dividida a Primeira República no Brasil
  • Qual a diferença entre comunismo e socialismo
  • Quem fica na presidência em caso de impeachment?
  • Quem pode alterar o código penal?
  • Qual a idade para se aposentar no Brasil?
  • Formas de governo democracia e socialismo
  • Como enviar currículo para o SINE-MG?
  • Consulado Espanha
  • Os dois atores em Império terminam namoro
  • Como solicitar o RioCard escolar?
  • Tesouro Direto dá lucro?
  • Brasil Voluntário Copa 2014 e lugares para trabalhar
  • Governo de Getúlio Vargas resumo
  • Formas de governo na grecia antiga
  • Como providenciar o seguro desemprego?
  • Veja como consultar Pis/pasep sem sair de casa
  • Presidente do Senado
  • Invasão Francesa e Holandesa no Brasil
  • Império Bizantino: Resumo completo e Revolta de Nika
  • Estudar no exterior pelo governo
  • Tudo sobre a China Antiga e atual: Cultura, economia, religião e resumo completo
  • Diário Oficial SP
  • Por que e para que o tributo é cobrado
  • Rio onde fica a Estátua da Liberdade
  • Dependente pode Declarar o Imposto de Renda
  • Governo Castelo Branco

  • Quer comentar ?