Quantas gramas tem uma colher de sopa

Muitas pessoas que tem o hábito de cozinhar já se perguntaram isso mais de uma vez durante o preparo de suas receitas, uma vez que hoje a maioria dos livros de gastronomia apresentam suas unidades em forma de gramas e os de culinária tem suas unidades em xícaras ou colheres.

Desta forma, muitos cozinheiros podem chegar a se sentirem confusos com tantas formas diferentes de se medir um quantidade, para sanar qualquer dúvida que você possa vir a ter, durante o preparo de alguma receita elaboramos esta lista com as medidas de elementos mais utilizados para o preparo de refeições convertidas em gramas.

Achocolatado em pó

  • 1 xícara: 90g
  • 1 colher de sopa: 6g
  • 1 colher de chá: 2g

Açúcar

  • 1 xícara: 160g
  • 1 colher de sopa: 10g
  • 1 colher de chá: 35g

Uma colher de sopa.
(Foto: Reprodução)

Amido de milho

  • 1 xícara: 150g
  • 1 colher de sopa: 9g
  • 1 colher de chá: 3g

Aveia

  • 1 xícara: 80g
  • 1 colher de sopa: 5g
  • 1 colher de chá: 1,5g

Coco ralado

  • 1 xícara: 80g
  • 1 colher de sopa: 5g
  • 1 colher de chá: 1,5g

Farinha de mandioca

  • 1 xícara: 150g
  • 1 colher de sopa: 9g
  • 1 colher de chá: 3g

Farinha de trigo

  • 1 xícara: 120g
  • 1 colher de sopa: 7,5g
  • 1 colher de chá: 2,5g

Farinha de rosca

  • 1 xícara: 80g
  • 1 colher de sopa: 5g
  • 1 colher de chá: 1,5g

Fubá

  • 1 xícara: 120g
  • 1 colher de sopa: 7,5g
  • 1 colher de chá: 2,5g

Líquidos

  • 1 xícara: 240ml
  • 1 colher de sopa: 15 ml
  • 1 colher de chá: 5ml

Manteiga

  • 1 xícara: 200g
  • 1 colher de sopa: 12g
  • 1 colher de chá: 4g

Mel

  • 1 xícara: 300g
  • 1 colher de sopa: 18g
  • 1 colher de chá: 6g

Polvilho

  • 1 xícara: 150g
  • 1 colher de sopa: 9g
  • 1 colher de chá: 3g

Queijo ralado

  • 1 xícara: 80g
  • 1 colher de sopa: 5g
  • 1 colher de chá: 1,5g

Amêndoas, nozes e castanhas

  • 1 xícara: 140 g

Arroz

  • 1 xícara: 200g

O sucesso de uma receita bem preparada depende muito de medidas exatas dos elementos que serão utilizados para o preparo, caso a pessoa não tenha experiência com esse tipo de situação o resultado pode não ser o esperado, para isso é recomendável que se tenha em casa balanças de cozinha, jarras medidores, colheres-padrão ou que utilize a tabela de conversão que você acabou de conhecer.

É importante ressaltar que todas essas medidas devem ser utilizadas de forma rasa, ou seja, após a xícara ou a colher ser cheia se deve passar uma faca em sentido reto horizontal para retirar o excesso e obter a medida perfeita.

Efeitos de uma crise econômica num país

Não é de agora que muitas nações sofrem com as crises econômicas. Algumas já passaram por elas, outras estão amargando o sabor da situação e ainda há os que vivem novamente o fantasma. Um bom exemplo de crise que entrou para a história foi de 1929.

As bolsas de valores no dia 24 de outubro daquele ano despencaram provocando uma reação em cadeia, foi a pior crise econômica da história do capitalismo que se arrastou por uma década. Os anos 30 ficaram conhecidos como a grande depressão.

O contexto histórico mostra que uma crise pode acontecer por fatores diversos e atingir muitos setores, desde o campo às indústrias nas grandes cidades. O setor financeiro é o que mais sofre com os impactos, já que a economia está ligada de forma direta e indiretamente a outros países.

Crise econômica (Foto: Reprodução)

Os efeitos econômicos em uma nação tem consequências como:

  • Queda da bolsa de valores.
  • Desvalorização da moeda no cenário internacional.
  • Vendas de ações e títulos de empresas.

A crise se estende com a falta de crédito para os pequenos, médios e grandes empreendedores. O governo tomando a iniciativa de aumento dos juros nas instituições financeiras, demonstra a clara desaceleração da economia.

Agravando ainda mais a situação, empresas que exportam seus produtos tem prejuízos no mercado cambial devido a desvalorização da moeda nacional.

Com a alta da demanda de determinado produto, a tarifa cobrada consequentemente será maior. Da mesma maneira acontece com as usinas hidrelétricas que dependem da água da chuva para encher os reservatórios e as comportas se abrirem para gerar energia.

Havendo pouca oferta e muita demanda, a manobra do governo é semelhante a tarifa da conta de água. Em todo caso, a falta de água e energia geram prejuízos diversos atingindo principalmente o setor econômico.

O que fazer?

  • Renegociação de dívidas internas e externas.
  • Conciliação para que as instituições financeiras voltem a ter crédito.

Estes caminhos quando aplicados, impedem que a crise se agrave e gere problemas ainda maiores assim como o desemprego, um dos problemas mais temidos. Contudo, o governo sabe que um dia a crise passará, pode demorar, deixar cicatrizes, mas passará.

Tamanho de roupas nos EUA

Quando alguém decidir por fazer comprar roupas e calçados no exterior, propriamente no Estados Unidos da América, é preciso ficar atento quanto aos tamanhos. Pois são diferentes em relação aos tamanhos usados no Brasil, são denominadas com medidas diferentes, de números e letras. Para que não faça a escolha incorreta, procure verificar as medidas e compará-las se possível, com as medidas usadas no Brasil.

Quanto a representação por letras, esse é o seu significado da iniciais do EUA e do Brasil:

EUA / BR

  • S: Small / P: Pequeno
  • M: Mediun / M: Médio
  • L: Large / G: Grande
  • XL: Extra Large / GG: Extra Grande

Medidas infantis
Roupas –
EUA: 2-3 4-5 6-7 8-9 10 12 14 16
Brasil: 2 4 6 8 10 12 14 16+

Calçados –
EUA: 7½ 8½ 9½ 10½ 11½ 12½ 13½ 1½
BRA: 24-25 26-27 28 29 30 31 32 33

Medidas Femininas
Roupas – Vestidos, saias e casacos –
USA: 4 6 8 10 12 14 16 18
BRA: 38 40 42 44 46 46 50 –

Blusas e malhas-
USA: 6 8 10 12 14 16 18
BRA: 38 40 42 44 46 48 50

Calçados –
USA: 6,5 7,5 8,5 9 10
BRA: 35 36 37 38 39

Medidas masculinas
Ternos –
USA: 34 36 38 40 42 44 46 48
BRA: – 46 – 48 – 50 52 54

Camisas –
USA: 14 15 15½ 16 16½ 17 17½ 18
BRA: 35 37 39 40 41 42 43 44

Calçados –
USA: 7 7½ 8 8½ 9½ 10½ 11 11½
BRA: 39 40 41 42 43 44 45 46

Normas ABNT trabalhos escolares

Normas ABNT

Há muitos alunos, que já estão por dentro das exigências feitas por algumas instituições de ensino. Várias delas, categorizam as normas ABNT como principal ferramente na hora de fazer a apresentação de um trabalho. Embora pareça algo complicado, entender como isso funciona é muito simples.

Dentro dessas normas, estão categorizadas todas as exigências feitas para o trabalho em questão. Nele contém todos os pequenos detalhes que muitas vezes, passam desapercebidos em trabalhos comuns onde não é exigido o cumprimento dessas mesmas normas. Saiba mais no decorrer deste artigo.

Explicaremos através deste artigo a maneira correta de fazer com que todas essas mesmas normas sejam cumpridas. Antes de mais nada, procure se informar sobre as mesmas, elas podem se alterar de acordo com a instituição de ensino que pede a apresentação de trabalho, geralmente as alterações são estipuladas na passagem do trabalho, caso tenha.

A sequência exata dos trabalhos, devem seguir da seguinte maneira:

• Capa 

• Folha de Rosto 

• Sumario 

• Introdução 

• Desenvolvimento

• Conclusão ou Considerações Finais 

• Referências 

• Contra Capa

As margens devem ter uma espessura correta, declarando exatamente as seguintes medidas:

• Esquerda / 3 cm

• Superior / 3 cm

• Direita / 2 cm

• Inferior / 2 cm

Medidas

Até os papéis que for utilizar, devem ser A4, com uma medida referente a 21 x 29,7cm. Já para aqueles que foram exigidos o manuscrito, o almaço é o ideal. As fontes que devem ser inseridas (no caso de trabalhos digitados) são: Arial ou Times New Roman número 12.

Para rodapé (no caso de citações especiais) a fonte designada é Times New Roman ou Arial no tamanho 11. Já para o caso de rodapés sem citações, apenas notas, as exigidas são as mesmas no tamanho 10. Para começar um parágrafo, ele deve estar a uma distância de 1,25cm da esquerda.

Para citações, a medida exata está para 4cm. A capa deve conter cabeçalho, nome do aluno, título do trabalho, local e ano. Basicamente o seu trabalho deve conter (depois de todas as exigências citadas acima) introdução, desenvolvimento, conclusão e considerações finais.

Para saber mais informações e ter a cobertura completa para organização, conclusão e aperfeiçoamento do seu trabalho, clique AQUI. Para quem não sabe, ABNT significa Associação Brasileira de Normas Técnicas, sem nenhum ganho lucrado com o programa, é inteiramente para a normalização e adequamento dos trabalhos escolares do Brasil.