O que provoca endurecimento das fezes em humanos e como amolecer

A alimentação é o principal fator quando o assunto são fezes duras, acontece que a falta de fibra ocasiona o endurecimento das fezes, incluindo ovos, carnes e produtos lácteos, como o queijo.

Pessoas que consomem demasiadamente carboidratos, por exemplo, pães brancos e arroz, devem mudar o hábito alimentar e passar a consumir alimentos integrais.

Mas não é só o alimento que é responsável pelas fezes duras, existem também medicamentos que provocam efeitos colaterais, como a dificuldade para defecar. Desta maneira, veja a seguir, alguns desses medicamentos:

• Diuréticos, provocam a perda de muita água, portanto, é preciso beber água com frequência
• Antidepressivos, antagonistas de cálcio, codeína e morfina são medicamentos que provocam fezes duras.

Veja a seguir, outros fatores que ocasionam fezes duras em humanos:

Homem com dor de barriga Foto:Reprodução)
Créditos de imagem: http://www.saludalia.com/

• A alteração hormonal em mulheres grávidas podem ocasionar fezes duras. Além disso, constipações na gravidez é comum, principalmente no terceiro trimestre e após o parto.
• Doenças no sistema digestivo é outro fator, por exemplo, doença Crohn e a síndrome do intestino irritável.
• Doenças metabólicas e neurológicas podem provocar prisão de ventre.
• Ansiedade e depressão, podem causar esse problema devido a alteração hormonal.
• O uso excessivo de laxante enfraquece os músculos dos intestinos que movem as fezes, sendo assim, podem ocasionar fezes duras.
• Bebês podem sofrer desse problema, dado que o seu intestino não está totalmente desenvolvido. Bebês que se alimentam de leite artificial estão mais propensos a sofrerem de constipação.

SINTOMAS

• Cólicas abdominais
• Barriga inchada
• Sangue nas fezes
• Fezes pequenas em forma de bolinhas
• Em caso de obstrução intestinal, pode acontecer a perda de muco do ânus
• Dificuldade para expulsar as fezes.

TRATAMENTO

• Enema quente com óleo mineral ou óleo de oliva, são ótimos para amaciar e lubrificar as fezes.
• Adicione fibras na alimentação, por exemplo, psyllium (Plantago psyllium), sementes de linho que são excelentes fontes de fibras solúveis.
• Atividades físicas ajudam a estimular a atividade intestinal.
• Beber muita água ajuda a amolecer as fezes.
• Ir ao banheiro de imediato quando der vontade de evacuar, não espere o tempo passar.
• Chá de ervas é ótimo para tratar constipações.
• Existem produtos que ajudam a amolecer as fezes, pois, estimulam os músculos do intestino. No entanto, não é recomendado tomar sem receita médica.

ALIMENTOS RECOMENDADOS

Pão: queques de farelo de trigo, pão integral.
Cereais e grãos: Flocos de milho, flocos de farelo, trigo fosco, trigo desfiado, farinha de aveia, pauzinhos de farelo, All-Bran, farelo de milho, farelo de aveia, arroz integral, pão de centeio.
Verduras Alcachofra: couve de Bruxelas, brócolis, repolho, rúcula, acelga, cenoura, ervilhas, vagens, milho, espinafre, abóbora, batata com a casca, nabo.
Leguminosas: Lentilhas cozidas, feijões, grão de bico, ervilhas, feijões de lima, feijões carioca, pimeta com feijões.
Frutas: Abacate, maça com a casca, banana, laranja, mamão, pêssego, quiuí, pera, amora, framboesas, manga, morango, ameixa.

ALIMENTOS PARA EVITAR: Alimentos com baixo teor de fibras, alimentos gordurosos e alimentos processados. Por exemplo:

• Sorvete
• Iogurte inteiro
• Batatas fritas
• Manteiga de amendoim cremosa
• Manteiga
• Margarina
• Molhos para salada
• Bolachas
• Refeições pré-cozinhadas
• Bolos
• Rosquinhas.

Tipos de pedras preciosas e suas cores

Existem muitas pedras preciosas, que não só são preciosas, mas também apreciadas por muitos, pois, a beleza, a cor e o brilho de cada pedra traz consigo características únicas, posto isto, são mais de 130 espécies minerais consideradas como pedras preciosas.

Acompanhe a seguir, alguns tipos de pedras preciosas:

ÁGATA: essa pedra é integrante da família quartzo. Possui cores naturais e tingidos. Acredita-se que essa pedra tem poder curativo e melhora a auto-estima.

ÁGUA-MARINHA: muito comum em joalherias, essa pedra é atraente sílica que contém alumínio e berílio. Acredita-se que essa pedra auxilia combatendo os nervos, garganta, fígado e problemas estomacais.

AMBAR: é uma espécie de quartzo cristalino. A sua formação instiga o pensamento criativo, além de combater doenças do sangue, nevralgia, convulsões e insônia.

ALEXANDRITA: é um tipo de mineral crisoberilo, sendo assim, possui muito valor e é muito apreciada por joalheiros. A sua cor é mudada de acordo com a luz, por exemplo, em luz natural a sua é verde-oliva, mas em luz artificial a sua cor fica vermelha.

AMETISTA: pertence ao quartzo cristalino, e é muito utilizada em joalherias. Essa pedra é conhecida por combater a doenças do sangue, nevralgia, convulsões, insônia, dor e embriaguez.

AVENTURINA: a cor mais comum dessa pedra é verde, porém, pode ser encontrada em várias cores. Acredita-se que essa pedra faz bem para a pele e também para a criatividade.

AXINITE: essa pedra é totalmente natural, a sua composição é de borossilicato de cálcio, magnésio, manganês e ferro.

CITRINO: um tipo de quartzo cristalino, no entanto, possui cor amarela. Pessoas que usam essa pedra possuem maior controle emocional, além de melhorar a circulação do sangue.

CORNALINA: sua cor é avermelhada ou alaranjada, essa pedra é um quartzo translúcido, logo, é uma pedra natural, muito utilizada para o reumatismo, depressão e nevralgia.

CRISOCOLA: essa pedra é considerada um mineral de origem secundária, formada em áreas de oxidação de depósitos minerais ricos em cobre. Os minerais que possuem ligação com a pedra são: quartzo, azurita, malaquita, cuprita.

CRISOPRASE: essa pedra é a mais valiosa do quartzo cripto/microcristalino, a sua composição química é de dióxido de silício.

ESPINELA: essa pedra possui uma certa impureza em seu cristal, logo, suas cores são diversas. A mais conhecida é a espinela vermelha.

PEDRA DA LUA: o seu brilho é leitoso, sendo que as pedras naturais possuem uma cor mais azulada. Essa pedra é um silicato de alumínio que contém potássio. Acredita-se que essa pedra dá inspiração, aumenta as emoções e favorece a fertilidade.

GRANADA: Feita de magnésio, a sua cor é vermelho-sangue. As pessoas usam essa pedra para combater a depressão, além de promover a autoconfiança e autoestima.

HERMATITE: essa pedra é um óxido de pedra, que combate doenças do sangue.

JADE: pedra de silicato com cor verde, além de ser natural é muito valorizada. A jade atrai amizade, sorte e sabedoria.

Composição do ar que respiramos

O ar atmosférico é composto por vários gases, vapor de água, microorganismo e impurezas, ou seja, poeira e fuligem. Posto isto, entende-se que na atmosfera existem vários gases, por exemplo:

• Gases nobres: hélio, neônio, argônio, criptônio e xenônio.
• Nitrogênio
• Gás carbônico

Veja a seguir, a porcentagem de cada gás na atmosfera:

• Oxigênio: 21%
• Gases nobres: 0,91%
• Nitrogênio: 78%
• Gás Carbônico: 0,03%

Todos são componentes encontrados no ar, sendo que o nitrogênio possui a maior porcentagem. No entanto, o número de vapor d água, microorganismos e impurezas, origina-se de acordo com o clima, a poluição e o vento.

Fique por dentro dos componentes constantes no ar:

Nitrogênio: É considerado o gás com maior porcentagem no ar, além de ser desenvolvido por dois átomos de nitrogênio, a sua fórmula química é N2.

Por mais que os animais e plantas não sejam favorecidos pelo nitrogênio do ar, é possível que seres vivos, como bactérias localizadas nas raízes de plantas leguminosas, por exemplo, no feijão ou na soja, transformem o nitrogênio em sais nitrogenados, ou seja, nitratos.

Veja a seguir, como funciona o ciclo:

• O ciclo se inicia com o gás nitrogênio penetrando no solo.
• Em seguida, as bactérias o absorvem e transforam em nitratos.
• As plantas precisam dos nitratos para produzir proteínas, pois fazem parte do corpo vegetal.
• Os animais herbívoro ingerem estas plantas para obter proteínas.
• Já os animais carnívoros comem os herbívoros para adquirir também as suas proteínas.
• Compreenda que quando um animal falece, ele é decomposto por bactérias e fungos, que voltam ao solo. Depois, são absorvidos por outra planta, dando início a um novo ciclo.

Oxigênio: O oxigênio é essencial para que o organismo respire, sendo assim, cerca de 21% do ar da atmosfera é composto por gás oxigênio. Todo órgão mantém a sua atividade, pois o oxigênio produz energia suficiente para o seu funcionamento.

Entenda mais sobre o oxigênio:

• Seres aeróbicos é o nome dado ao ser vivo que usufrui do gás oxigênio para a respiração.
• Seres anaeróbicos, é o nome dado quando não é feito o uso do gás oxigênio para a respiração ou para queima de alimentos.
• O O2 pode trazer problemas, principalmente quando entra em contato com o ferro (Fe), ocasionando a ferrugem, que acaba com os carros, máquinas, portões, navios, etc. 4Fe +3 O2 →2 Fe2O3

Gás Carbônico: Com a fórmula química CO2, esse gás é fundamental para a existência dos vegetais em relação a fotossíntese, responsável pela produção de glicose e energia. Essa glicose é conservada como amido e pode ser usada na produção de celulose.

Veja a seguir, o que é necessário para a realização da fotossíntese:

• Clorofila
• Luz do Sol
• Água
• Gás carbônico

Entenda mais:

• Quando a luz solar, aproveitada pela clorofila, está presente, o gás carbônico do ar e a água do solo levada pelas raízes é transportado até as folha, logo, se transformam em glicose e gás oxigênio.
• Entenda que a glicose é empregada como fonte de energia ou para fazer outra substância, já o oxigênio é liberado para o meio ambiente.

Gases Nobres: São chamados de nobres, pois não combinam com qualquer substância. Posto isto, confira, os gases nobres e quais são utilizados pelos homens:

• Hélio (He), utilizados para encher balões
• Neônio (Ne), utilizados em letreiros luminosos
• Argônio (Ar), utilizados no interior de lâmpadas
• Criptônio (Kr)
• Xenônio (Xe), utilizados em flashes e máquinas fotográficas
• Radônio (Rn), utilizados em aparelhos para tratamento de câncer

Fique por dentro dos componentes variáveis do ar

Vapor d água:

• Originada pela evaporação da água dos mares, rios e lagos.
• Originada pela respiração dos seres vivos.
• Originada pela transpiração das plantas.
• Originada pela evaporação da água do solo e evaporação da água de dejetos, por exemplo, fezes e urina de animais.

Entenda a seguir, a importância do vapor d água:

• Fundamental para os seres vivos, dado que colabora na formação das nuvens.
• Fundamental em locais com baixa umidade, pois, muitas pessoas apresentam dificuldade na respiração.
• Fundamental, uma vez que o vapor d água umedece a mucosa das vias respiratórias, ou seja, o nariz e a faringe.

Poeira:

• Originada por partículas sólidas que se encontram nos móveis, utensílios domésticos, estradas, telhados, etc.
• É possível enxergar a poeira na atmosfera.

Fumaça:

• A fuligem, apresenta cor escura, é feita por substâncias como chumbo (Pb).
• Pode fazer mal a saúde, pois, pode causar danos ao aparelho respiratório.
• Fumaça com dióxido de enxofre (SO2), monóxido de carbono (CO), dióxido de nitrogênio (NO2) e hidrocarbonetos, geralmente, são produzidos pela fumaça de automóveis, ônibus e caminhões.

Microorganismos:

• Existem muitos microorganismos na atmosfera.
• Podem causar doenças como o tétano, tuberculose e gripe.
• Alguns microorganismos não prejudicam, pelo contrário, favorecem na decomposição de organismos mortos e na fabricação de antibióticos.

Preço médio para fazer uma piscina

Quem não gostaria de ter uma área de lazer com uma piscina em casa? Esse é o sonho de muitas pessoas que desejam ter uma piscina para se refrescar nos dias de sol, convidar familiares e amigos para um dia descontraído.

No entanto, esse sonho pode não ser fácil de realizar, dado que não sai nada barato construir uma piscina, porém, nada é impossível e um sonho não deve ser descartado diante os obstáculos encontrados.

Sendo assim, lojas focadas em construções de piscinas, disponibilizam preços acessíveis para quem desejar fazer a sua piscina. Posto isto, basta se programar, pois, construir uma piscina pode sair por um bom preço quando os interessados se organizam para isso.

Veja a seguir, os preços médios para construir uma piscina:

• O preço médio de piscinas com oito metros de comprimento por quatro de largura e 1,40 metros de profundidade, pode variar de R$ 4 mil a R$ 20 mil.
• Materiais como a fibra de vidro e o vinil, o preço médio chega a ser, mais ou menos, 70% mais em conta comparado a uma piscina de concreto ou alvenaria. Posto isto, o preços médio de uma piscina de fibra de vidro ou de vinil, poderá variar em torno de R$ 4 mil a R$ 7 mil, quando a piscina for de vinil. Já a piscina de fibra e de vidro, o valor é entre R$ 7 mil a R$ 10 mil.
• Construir uma piscina de concreto ou alvenaria, poderá custar em torno de R$ 12 mil a R$ 20 mil, e a sua instalação poderá ser feita em até dois meses.

ATENÇÃO

Compreenda que para construir uma piscina nos dias de hoje, possui muita vantagem, dado que as lojas focadas em vender piscinas, oferecem opções que favorecem o bolso dos compradores, como a possibilidade de parcelamento, podendo chegar até a 20 vezes. Além disso, a instalação da piscina, dependendo do seu tipo, poderá ser realizada em torno de quinze a vinte dias.

É importante atentar-se ao fato de que toda piscina necessita de tratamento mensal, que custará em torno de quarenta reais por mês. Os acessórios para limpeza também são importantes, como o cabo de alumínio, rodo aspirador, mangueira flutuante, ponteiras para mangueira, escova de aço e peneira para retirar as folhas da piscina.

Sintomas de infarto em cachorro

Muitas pessoas não sabem, mas os cachorros assim como os seres humanos, podem sofrer de problemas cardíacos. Porém, esse problema costuma surgir quando o animal está na fase adulta, ou seja, após os seus seis anos de idade.

Mesmo havendo a possibilidade de um cachorro enfartar, é algo raro de se acontecer, dado que a anatomia do coração canino é mais forte e contém muitos vasos.

Compreenda que os cachorros morrem mais cedo que os seres humanos, sendo assim, acabam evitando com o passar do tempo o acúmulo crônico de placas nas artérias.

Contudo, o fator primário que leva os cães a sofrerem problemas cardíacos está relacionado a insuficiência mitral, pois, com o passar dos anos, ela poderá abastardar e logo tornar-se insuficiente.

Posto isto, entende-se que o seu funcionamento além de comprometido, tende a liberar quantidades de sangue que ocasionam o refluxo no coração do animal, logo, ocorre também o aumento da câmera cardíaca.

Veja a seguir, os sintomas de infarto em cachorro

• Dificuldade de Respirar
• Alteração da cor na língua
• Rejeição a atividades físicas
• Sono Demasiado
• Fadiga
• Tosse

Os sintomas variam de acordo com o estágio da doença, no entanto, a maioria dos animais que sofrem de infarto no coração apresentam principalmente sintomas de cansaço ao passear, ficam ofegantes e com a língua roxeada, sentem falta de ar e não dormem bem.

Hoje, a medicina veterinária está avançada, pois disponibiliza métodos eficazes para diagnosticar e também para tratar a doença. Veja a seguir, alguns do exames utilizados:

• Ecocardiograma (ultrassom do coração)
• Pressão arterial
• Eletrocardiograma
• Raio-X digital

Portanto, todos esses testes são fundamentais para o veterinário cardiologista prescrever o remédio correto, somente assim, os sintomas vão diminuir e possibilitar que o cão viva mais e com saúde.

Tratamento

Medicamentos são imprescindíveis para o tratamento de doenças cardíacas em animais, e quando o diagnóstico é precoce, as chances do cachorro sobreviver tornam-se maiores.

Os medicamentos vão de acordo com as variações da doença, geralmente é utilizado diuréticos e vasodilatadores, porém, somente o veterinário que acompanha o animal poderá indicar o medicamento correto.

O tempo de vida dos cães, como já foi dito, dependerá da gravidade de cada caso, mas em casos sérios, por exemplo, situações de insuficiência cardíaca congênita, os cães têm mais ou menos, seis meses a um ano de vida.

Prevenção

Mantenha os exames periódicos do seu animal, ou seja, não deixe de realizar exames de rotina, principalmente, após os sete anos de idade. Outro fator importante é manter uma dieta balanceada, assim estará mantendo a qualidade e perspectiva de vida do animal.