Como controlar o ciúmes da namorada?

Como controlar o ciúmes da namorada?

Embora muita gente acredite que não, o ciúme é um problema. É natural ter ciumes do seu parceiro ou parceira, mas quando isso sai da normalidade é possível que você desenvolva milhares de problemas em seu relacionamento e ainda apresente complicações em relacionamentos futuro.

O ciúme passa a ser um problema quando deixa uma pessoa cega. Se você deseja manter seu relacionamento em calmaria, é indispensável que tenha auto controle quando der de frente com alguma situação que o coloca a toda prova. Mas se pensar por outro lado e ter consciência da necessidade de controlá-lo, tudo pode melhorar.

Confira abaixo algumas dicas para acabar de vez com esse problema que destrói vários relacionamentos.

1° Entenda que seu ciúme é exagerado – Não adianta ficar dando desculpas. Quando o ciúme é exagerado, ele fica evidente e qualquer pessoa pode ver. O ciúme não é algo legal ou que pode ser passado adiante com brincadeirinhas, é um problema sério que acaba por deixar uma pessoa solitária.

Ciúme (Foto: Reprodução)

2° Evite deturpar a realidade – Quem é muito ciumento acaba “inventando” histórias. O medo de ser traído é tão grande que acarreta ao relacionamento um peso exagerado. Não dê ouvidos aos filmes que passarão na sua cabeça, tente ao máximo agir com sensatez diante de uma situação.

3° Escute segundas opiniões – Para ter certeza de que você não está “vendo coisa onde não existe” peça opinião de alguém mais sensato que você no momento. O ciúme deixa muitas pessoas cegas. Pense várias vezes antes de dar um ataque, pergunte a si mesmo “essa minha atitude vale a pena?”

4° Converse ao invés de brigar – Tente ter uma conversa civilizada com a sua namorada, diga a ela tudo que incomoda. Diga sobre coisas que o deixa chateado, peça para ela tentar evitar e se acalme assim.

É importante que antes de ter uma crise de ciúmes se faça algumas perguntas, bem como:

  • Porque sou ciumento?
  • Porque me reprovo de sê-lo?
  • Porque temo que meu ciúme machuque o outro?
  • Porque me deixo dominar por uma banalidade?

Só você pode responder a essas perguntas. Converse com quem está do seu lado e peça ajuda para tentar acabar com esse problema tão desagradável. Em casos mais extremos, o recomendado é que procure um médico. Sim, um psicólogo é o único que poderá lhe ajudar.

Lembre-se também:

  • De reconhecer que o ciúme existe
  • De não sofrer calado
  • De lembrar que atos impensados podem destruir a relação
  • De assumir a insegurança
  • De tentar entender o porquê das coisas

O ciúme pode gerar muito mais sofrimento do que se imagina. Ele destrói famílias inteiras, relacionamentos duradouros, futuros brilhantes e casais que são acima de tudo parceiros. Se você sofre com o problema, lembre-se de procurar ajuda. Nos casos de quem já foi traído e está traumatizado, vá a um psicólogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.