Rotavirus: Sintomas, Vacina e Tratamento

Existe diferentes tipos de vírus pertencentes ao gênero rotavírus, mas apenas três deles afeta patologicamente os humanos. Atacam de forma mais intensa as crianças com idade até 5 anos, dada a maior vulnerabilidade dos sistema de defesas dessas. Estudos mostram que a contaminação vitima por todos os países e é a principal causa da gastrenterite aguda.

Facilitadores do Vírus

Um dos maiores facilitadores para que as crianças componham os índices mais altos de enfermos é a natural falta de higiene destas, sempre em contato com o chão e levando diferentes tipos de objetos a boa, por isso os país devem se ater ao que os pequenos estão fazendo, evitando não apenas o rotavírus mas também uma infinidade de outras enfermidades. Mesmo assim, é válido ressaltar que o agente não faz acepção de idades, adultos também estão sujeitos, no entanto os efeitos são mais brandos.

Formas de Transmissão

O rotavírus recebe esse nome devido a sua anatomia externa que faz alusão a uma roda, é encontrado em quantidades mais significativas nas fezes das crianças infectadas é podem ser veiculados através do solo, água, objetos, alimentos, contato direto com infectado e até mesmo pelo ar.

Lugares que aglutinam uma grande quantidade de crianças como brinquedotecas, salas de aula, maternidades, são locais onde o vírus se desenvolve de mameira mais pujante.

Sintomas

Os principais insinuantes da gastrenterite por rotavírus são vômitos, diarreia intensa e muitas vezes aquosa, febre, indisposição, náusea, dores abdominais, tosse, coriza e desidratação.

Geralmente o rotavírus só se faz nocivo da primeira vez que se instala no indivíduo, a infecção leve se dissipa por sí só dentro de alguns dias e em quadros mais graves resultado pode ser até mesmo na morte do enfermo, casos geralmente associados a desidratação. No entanto, as infecções posteriores são quase sempre assintomáticas.

Formas de Tratamento

Não existem fármacos específicos para o tratamento da gastrenterite, onde o próprio sistema imunológico da pessoa deve trabalha para expulsar o vírus invasor, a maior recomendação é sempre promover a reposição de líquidos para combater a desidratação. Nas aparições mais amenas da doença o tratamento pode ser realizado em casa, com uma alimentação apropriada, soro fisiológico e líquidos, mas, é imprescindível a supervisão médica.

Vacina Rotavirus

Existe ainda uma vacina feita a partir do vírus que afeta os humanos, mas segundo o conselho de medicina essa não é totalmente eficaz na prevenção, além de não fazer parte do compendio de imunizações promovido pelo Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.