DicasFree.com » Saúde » O que causa afta na língua?

O que causa afta na língua?

Confira neste artigo o que é a afta, como ela é causada e quais são os tratamentos recomendados pelos especialistas.

     

A estomatite aftosa, conhecida popularmente como afta são ulcerações bucais bastante dolorosas, surgem em todas as partes da boca como língua, gengiva e lábios. Não são específicas de determinado grupo, uma vez que podem afetar qualquer pessoa saudável. Porém a reincidência é maior naqueles que tem baixa imunidade, como portadores da aids, câncer, diabetes e infecções vaginais.

No início são apenas uma mancha vermelha na boca, com o tempo se transformam em feridas arredondadas encobertas por uma membrana geralmente esbraquiçada ou amarelada. Durante esse período, a dor no local é constante, durando cerca de duas semanas para cicatrização completa.

Para se ter um diagnóstico exato, é necessário que haja um exame altamente minucioso de toda a cavidade oral do indivíduo, observando aspectos relativos a localização e diâmetro das lesões. Em alguns casos mais complicados, é necessário que ocorra uma raspagem da afta para verificação da presença de outros organismos como vírus, fungos ou bactérias.

Língua.
(Foto: Reprodução)

Os efeitos da afta na boca giram em torno da dor e do incômodo, as quais podem ser amenizadas com uma mudança temporária na dieta, evitando alimentos e bebidas que sejam picantes ou contenha ácidos.

Caso o paciente deseje, deve consultar um médico especialista e pedir por algum medicamento tópico e sistêmico como analgésicos, anestésicos, anti-inflamatórios, antissépticos e etc.

Algumas receitas caseiras também são utilizadas para ajudar a curar a afta de forma mais rápida e eficaz, confira:

Chá preto

Pelo chá preto possuir em sua composição um elemento que se chama tanino, a qual é adstringente e capaz de causar alívio da dor, é recomendável que se coloque um saquinho em temperatura morna sobre a afta e deixe repousar por alguns minutos.

Água morna e sal

Esquente a água com um pouco de sal e faça bochechos por alguns minutos duas vezes ao dia, essa receita poderá ajudar a acelerar a cicatrização e desinfectar.

Iogurte

Iogurtes que contém bífidos ou probióticos ajudam na manutenção do intestino e fortificam o organismo por completo em suas defesas naturais, de modo que também se tornam úteis para a cura das aftas.

Naturalmente as aftas irão desaparecer por conta própria e a dor já terminará em poucos dias. Para evitar novas erupções no futuro, evite comer alimentos que contenham pimenta, consuma iogurtes com lactobacilos vivos, diminua no uso do açúcar, trate infecções vaginais que são causadas por fungos com muita atenção e aposte em enxaguantes bucais para manter sempre uma boa higiene.

Posts relacionados

  • Desânimo e Desmotivação podem ser Depressão? Veja como Eliminar
  • Remédios caseiros para proteger da gripe H1N1
  • Sintomas do câncer de mama em homens
  • Cachorros podem ter Síndrome do Pânico sim
  • Dores lombares pela manhã
  • Vícios em jogos online: Entenda como Tratar, identificar ou Evitar os vícios online
  • Tipos de inflamação nos olhos
  • Para que serve a grade que fica atrás da geladeira
  • Diferença entre esgoto doméstico e industrial
  • Mal de Parkinson aos 30 anos você pode ter essa doença
  • Doenças que atacam o sistema urinário
  • Bebês também tem depressão: conheça os sintomas
  • Spa em casa: tratamentos que podem ser feitos no conforto do seu lar
  • Evacuar sangue com muco
  • Filhote de cachorro com vômito e diarreia com sangue
  • Tratamento para gripe na gravidez
  • Perigos que podem colocar seu verão em risco
  • Tendinite, sintomas, causas
  • Como evitar frieiras da praia?
  • Vício em internet é caso de procura médica?
  • Febre chikungunya sintomas e tratamentos
  • Melhor tipo de depilação definitiva
  • Sintomas da anemia falciforme e tratamentos
  • Sintomas de fimose
  • Sintomas de menstruação
  • Dedetização com animais domésticos dentro de casa problemas graves
  • Formas de tratamento para prefeito
  • Dente doendo e gengiva inchada
  • Formas de contrair o vírus HPV
  • Formas de contágio do ebola

  • Quer comentar ?