DicasFree.com » Estudos » Erros de português mais cometidos por crianças, dicas para evitar

Erros de português mais cometidos por crianças, dicas para evitar

Saiba neste artigo os erros de português mais cometidos pelas crianças, conheça suas causas e como evita-las para que elas possam ter um bom desenvolvimento a curto prazo. Confira!

     

É comum vermos crianças cometendo diversos erros de português, principalmente as que estão em fase de alfabetização. O problema é que infelizmente esse distúrbio de aprendizado é muito confundido com a falta de atenção, o que acaba passando despercebido e se estende à vida adulta.

O seu filho que entrou recentemente na escola justamente para socializar, está propensos a diversos obstáculos e nesse período a ajuda de pais e educadores é determinante no vencer desses pequenos desafios. Um deles, tanto na família quanto na instituição educacional, é evitar os erros de português.

Uma criança de cinco anos de idade já faz uso de sua língua (no nosso caso, o português) sem que seja necessário o ensino. Até porque, nós seres humanos, somos capazes de fazer uso de um conhecimento inconsciente, o qual incorporamos à medida que aprendemos a falar. Neste sentido há uma certa coerência ao pensarem que chegando em sala de aula, já possuem domínio da própria língua.

Cabe ao educador não ensinar somente a língua falada, mas também representa-la de modo escrito. Cabe também aos pais policiarem os filhos para que eles não cometam erros. Os erros são comuns e todos estão propensos a eles, é preciso adotar uma política para que não se transformem em algo corriqueiro e repetitivo.

A leitura constante evita erros de português  (Foto:Reprodução)

 Quais são e como evitar?

É preciso ter paciência com os erros, lembrando sempre que os pequenos estão iniciando a vida escolar. É verdade que costumam ser bastante curiosos, mas seu conhecimento ainda é limitado.

Os erros mais frequentes estão na troca de palavras e na maneira errada da pronúncia, esses acabam indo pra escrita consequentemente.

É bom que algumas medidas sejam tomadas, como aulas particulares, tempo extra para as atividades escolares em casa e também muito empenho por parte dos educadores.

Nesta fase, a criança pode também apresentar dislexia e transtorno genético hereditário de origem neurobiológica, em miúdos, é a dificuldade de ler, escrever e também de se expressar.

O transtorno que ainda não possui cura deve ser acompanhado por um fonoaudiólogo, um psicólogo e um neurologista. Lembrando que o tratamento é a longo prazo e se não for assistido por especialistas, futuramente a criança pode se tornar um adulto com inúmeros problemas.

Aos pais e pedagogos, o alerta é corrigir erros frequentes quanto a fala e a escrita. É interessante pedir aos filhos para repetirem a palavra correta que acabou de ser proferida, desta maneira ele irá memorizando o erro e diminuindo-o. Outra forma eficaz de prevenção é a leitura, além de ser uma fonte inesgotável de conhecimento, também auxilia no desenvolvimento cognitivo e melhora a dicção ao longo do tempo.

Posts relacionados

  • Como conquistar uma amiga da escola para namorar
  • Quem pode participar do Sisu e do Prouni
  • 5 erros cometidos por todo blogueiro iniciante. Que Você Não pode Cometer.
  • Aprenda como ensinar seu filho a ler e escrever
  • Formas de descobrir um talento
  • Todo cachorro sabe nadar
  • Dicas para começar a ter o hábito da leitura
  • Práticas cotidianas que ajudam a aprender inglês
  • Aprenda a estimular seu filho nos estudos
  • Como aprender a cantar uma música em inglês
  • Aprenda espanhol de forma simples
  • Como ganhar dinheiro rápido
  • Espécies de flores comestíveis
  • Afinando um violão corretamente
  • Dúvidas mais frequentes de português
  • Qual o comportamento adequado para sala de aula?
  • Como reconquistar uma amizade perdida?
  • Normas da ABNT para trabalhos escolares
  • Postura correta para estudar
  • Tudo sobre o Parnasianismo obras caracteristicas e resumo
  • Datas comemorativas 2013 educacao infantil
  • ESCOLA GASTRONOMIA CAMPINAS
  • ESCOLA GASTRONOMIA SP
  • CAPITAL INICIAL PRIMEIROS ERROS

  • Quer comentar ?