DicasFree.com » Amortitle_li=Depoimentostitle_li=Namorados » MELHORES POEMAS DE AMOR

MELHORES POEMAS DE AMOR

neste artigo mostra sobre alguns poema de amor que podemos mandar para alguém que amamos. O amor não precisa ser só de homem e mulher, pode ser para todas as pessoas que convive ou não ao nosso redor., melhores poemas de amor., quais são os melhores poemas de amor?, Poemas de amor quais são os melhores?,

     

Muitas pessoas gostam muito de poemas de amor, principalmente quando se é para escrever numa carta ou e-mail para mandar para alguém. Quem mais gosta de poemas são as mulheres, mas tem homens que também gostam de poemas. Poemas de amor é muito delicioso de ler. É uma sensação de romantismo, paixão. Uma vontade fora do normal de sentir aquele amor que o poema transpassa para nós.  Amar é um sentimento de prazer e de bem estar, pois quando amamos, amamos de corpo e alma e de todos os jeitos que se pode amar.

Antes de amar-te, amor, nada era meu
Vacilei pelas ruas e as coisas:
Nada contava nem tinha nome:
O mundo era do ar que esperava.
E conheci salões cinzentos,
Túneis habitados pela lua,
Hangares cruéis que se despediam,
Perguntas que insistiam na areia.
Tudo estava vazio, morto e mudo,
Caído, abandonado e decaído,
Tudo era inalienavelmente alheio,
Tudo era dos outros e de ninguém,
Até que tua beleza e tua pobreza
De dádivas encheram o outono.
(Pablo Neruda)

Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
‘Beleza, Bem, Verdade’, eis o que exprimo;
‘Beleza, Bem, Verdade’, todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
Em um, três temas, de amplo movimento.
‘Beleza, Bem, Verdade’ sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.
(William Shakespeare)

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém…
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim…
E ter paciência para que a vida faça o resto…
(William Shakespeare)

As sem-razões do amor

Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.
(Carlos Drummond de Andrade)

O amor é tudo de bom que podemos ter, seja ele compreensão, dedicação, alegria, desejo de querer o melhor, e vários outros sentimentos. O amor não é egoismo e nem orgulho, querer prender a pessoa sem dar a liberdade que todos nós merecemos. O amor é o mais sentimento nobre que podemos ter, é um sentimento que temos por todo mundo, seja pai, mãe, irmão, avós, tios e tias e várias outras pessoas que podemos amar. O amor é um sentimento solidário e lindo.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?