DicasFree.com » Saúde » Chikungunya Sintomas

Chikungunya Sintomas

Chikungunya? Nome estranho, mas bastante falado ultimamente. Neste artigo, falaremos sobre os principais sintomas da febre Chikungunya. Descubra como é feito o tratamento e as variadas formas de prevenção do mosquito Aedes Aegypti.

     

A febre chikungunya também conhecida por chicungunha é uma doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, mas pode ser transmitida também pelo mosquito Aedes Albopictus. O vírus transmitido é o CHIKV, que pertence à família Togaviridae.

O primeiro caso relatado da febre chikungunya foi na Tanzânia em 1950, transmitindo a doença para os africanos. Porém, somente em 2004, surgiram surtos da febre chikungunya, estendendo-se até o Quênia, logo espalhou-se pelas Ilhas do Oceano Índico. Estimam-se 500 mil casos da primavera de 2004 ao verão de 2006.

Em 2006, a epidemia surtiu efeito do Oceano Índico à Índia, propagando-se em muitos estados da índia, totalizando 1,39 milhões de pessoas infectadas. O vírus continuou a se manifestar em países como a Índia, Indonésia, Myanmar e Tailândia.

Em 2010, o vírus chegou a Taiwan, França, Estados Unidos e Brasil, por viajantes vindos da Indonésia, Índia e sudoeste asiático. A febre chikungunya é uma grande preocupação para o Brasil, pois o vírus foi encontrado em país latino-americano, que possui fronteira com o estado do Amapá.

A febre chikungunya recebeu esse nome pelo dialeto Makonde da Tanzânia, que significa “aqueles que se dobram”, pois quem sofria da febre chikunguya passava a ter as articulações debilitadas, por conta da dor e inflamação causada, fazendo com que a pessoa andasse até curvado.

Causa

A febre chikugunya é transmitida somente através da picada do mosquito, não existe a possibilidade de ser transmitida de pessoa para pessoa

O ciclo de transmissão ocorre da seguinte forma:

• O mosquito fêmea coloca os seus ovos em lugares que possuem água concentrada.
• As larvas vivem na água por mais ou menos uma semana, após terem saído dos ovos.
• Após uma semana essas larvas se transformam em mosquitos adultos, sendo assim, estão prontos para picar pessoas.
• O mosquito adulto vive em média 45 dias.
• A pessoa picada pelo mosquito, sente os sintomas da febre chikunguya, geralmente após cinco a seis dias, podendo manifestar também de dois a doze dias.

Características do Aedes Aegypti:

• O mosquito Aedes Aegypti mede menos de um centímetro
• Com tom preto, o mosquito possui listras brancas
• 30° a 32° C é a temperatura propícia para o mosquito Aedes Aegypti. Sendo assim, o mosquito se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais
• O mosquito não gosta do sol forte, por isso o horário preferido para picar é pela manhã e no final da tarde

Importante:

• É importante ter cuidado para o mosquito não se infiltrar dentro de casa, devido ele não gostar do sol e em casa possuir sombra.
• A pessoa picada não sente na hora a presença do mosquito, pois a picada não dói e também não coça.
• O mosquito voa até dois metros, logo os joelhos, panturrilhas e pés são os locais propícios para que o mosquito pique.
• O mosquito fêmea do Aedes Aegypti, transmiti também a dengue e a zika, além da febre chikungunya.

Sintomas comuns:

• Febre
• Dor nas articulações
• Dor nas costas
• Dor de cabeça.

Sintomas mais graves:

• Erupções cutâneas
• Fadiga
• Náuseas
• Vômitos

Diagnóstico

Sempre que há suspeitas da febre chikungunya o correto é correr para o hospital mais próximo. O diagnóstico é feito através do exame de sangue, dentre outros, tendo a amostra de sangue em mãos é pesquisado se há anticorpos que combatem o vírus CHIKV no sangue. A intenção é descobrir se o organismo está combatendo contra o vírus.

Tratamento

O tratamento é feito com remédios para febre, por exemplo, paracetamol, analgésico e acetaminofeno, pois controla os sintomas da febre chikungunya, como a febre, cansaço e a dor de cabeça.

Geralmente, o tratamento dura um mês, mas depende muito da idade da pessoa infectada. Em pessoas jovens o tratamento pode durar por algumas semanas, já em idosos poderá levar longos meses.

É importante a pessoa infectada manter-se protegida com repelentes, roupas compridas e investir em mosqueteiros, para que nenhum outro mosquito possa picá-lo. Pois, caso seja picado novamente pelo mosquito, o mesmo se contaminará e poderá passar para outras pessoas.

Prevenção:

• A caixa de água deve estar fechada com a tampa
• As calhas devem ser limpas e as folhas, galhos e outros objetos removidos, para que não possam impedir a passagem da água
• A água da chuva sobre a laje não deve ser acumulada
• Sempre lavar os tanques utilizados para armazenar água com escova e sabão
• Os tonéis e barris de água devem ser mantidos bem tampados
• Colocar areia nos pratinhos dos vasos
• Uma vez por semana os vasos com plantas aquáticas devem ser lavados com escova e sabão
• As garrafas vazias devem ser guardadas de cabeça para baixo
• Levar os pneus velhos no serviço de limpeza urbana ou guardá-los sem água
• Os lixos devem ser colocados em sacos fechados e a lixeira deve estar sempre bem fechada
• Piscinas devem estar bem cobertas
• Sempre informe a prefeitura os terrenos baldios com água parada

Importante

• Felizmente a mortalidade da febre chikungunya é bastante pequena
• Após o tratamento a maioria dos pacientes melhoram a sua saúde, finalizando as dores articulares
• O sintoma mais persistente da febre chikungunya são as dores nas articulações, causada pela inflamação
• A febre chikungunya é muito parecida com os sintomas da dengue, porém é necessário distinguir uma da outra, pois o tratamento da dengue requer mais cuidados por ser mais grave

Posts relacionados

  • Sintomas da febre
  • Febre chikungunya sintomas e tratamentos
  • Febre com calafrios: Tratamento
  • Pneumonia como se pega
  • Febre Tifóide
  • UNHAS E CORES NAILS

  • Quer comentar ?