DicasFree.com » Variados » Bullying físico e verbal

Bullying físico e verbal

O bullying tanto verbal quanto físico pode ter consequências devastadoras. Para melhor entender sobre o assunto acompanhe o artigo.

     

Bullying

O bullying é um problema que deveria ser evitado mas está cada vez mais presente  em escolas e outras instituições de ensino. De maneira diversas, há uma agressão entre crianças e adolescentes de maneiras, fazendo com que muitos destes, que sofrem tal “violência”, fiquem traumatizados pelo o resto de suas vidas. Embora muitas pessoas acreditem ser “brincadeira de criança” o bullying traz complicações sérias .

O que acontece, é que um colega geralmente atenta aos “defeitos” dos outros agredindo-os de forma verbal e física. O governo tem feito campanhas para solucionar esses casos, contudo, alguns especialistas acreditam que o mal só será sanado de dentro de casa para a rua.

Como bem sabemos, a educação deve começar dentro da própria casa para que tome rumos  expansivos. O pedido é que os pais conscientizem seus filhos (usando métodos saudáveis) de que não é bom para ninguém que ele faça bullying com os colegas.

Verbal

O bullying verbal é a onde a criança é agredida através de palavras. Essas geralmente são completamente ofensivas e destrutivas, fazendo com que a mesma tenha sua autoestima rebaixada e consequentemente tende a sofrer problemas emocionais fortíssimos.

Bullying verbal (Foto: Reprodução)

Os xingamentos ultrapassam todos os limites, dentro dessa “brincadeira” defeitos são evidenciados e até mesmo o nome da mãe ou qualquer outra pessoa da família pode ser citado de forma ofensiva, o que deixa uma criança ou adolescente completamente irritado e se sentindo impotente, pois não consegue revidar.

A violência verbal pode ser tão agressiva quanto a física. Pois gera brigas, confusões, baixa da autoestima, depressão, problemas mentais, além de inúmeros traumas que a mesma levará por toda vida. O bullying verbal é sempre prejudicial a saúde física e mental de uma criança.

Físico

Já o bullying físico é aquele onde o adolescente ou criança é agredido fisicamente. Durante essas brigas, são dados socos, pontapés, puxões e toda forma de violência. Em alguns casos, em zonas mais carentes, há alunos que levam armas para a escola, na esperança de se defender contra esse mal.

Bullying físico (Foto: Reprodução)

Em alguns lugares, ocorreram suicídios e até tentativas de homicídios. O caso é muito mais grave do que pensamos, o bullying pode tomar proporções gigantescas e memoráveis. Nos casos contabilizados até hoje, 20% de todos são de cunho “agressividade física”. Os psicólogos tentam solucionar o problema juntamente com professores, mas não existe nada completamente certo ainda.

Enquanto isso, os alunos vão ficando a mercê de todo o sofrimento causado por esse mal moderno. A educação ainda é o melhor meio de solucionarmos isso. Essa deve começar em ambiente familiar para atingir o escolar. A conscientização dos pais é o melhor caminho encontrado pelos especialistas no assunto.

Posts relacionados

  • Aprenda como ensinar seu filho a ler e escrever
  • Tendência pedagógica progressista
  • Curso de direito à distância
  • Rodízio de água em São Paulo
  • Universidades em São Paulo para cursar Psicologia
  • Dieta da ração humana
  • Desmotivação dos professores em sala de aula como solucionar esse problema
  • Histórias para contar na educação infantil
  • Como se comporta uma aeromoça?
  • Investimentos na educação brasileira 2014 e 2015
  • Como aumentar a testosterona
  • Violência contra Professores
  • Qual a molaridade de uma solução
  • Valor gasto por preso no Brasil
  • Como escrever um e-mail formal
  • Por que e para que o tributo é cobrado
  • Conteúdo para o ENEM 2013
  • História da Educação Física
  • Educação e Valores Humanos
  • DEFENDER FAVELA
  • Estado físico da água
  • O que é bullying corporativo
  • Como educar uma criança?

  • Quer comentar ?