Rio Nilo: período de cheias e história: Trabalho Escolar

O rio Nilo desde tempos antigos é essencial para a sobrevivência de várias espécies da vida humana. Responsável por suprir as necessidades dos povos do Antigo Egito, é um dos poços mais extensos desde a antiguidade. Se encontra no nordeste da África e é composto por três rios, o Nilo Branco, o Nilo Azul e o rio Atbara.

O Nilo percorre diversas regiões, sendo as principais delas o Egito, a República Democrática do Congo, a Tanzânia, a Etiópia, a Quênia, o Burundi, o Sudão, a Ruanda e a Uganda. Toda a sua extensão corresponde a aproximadamente 6.695 quilômetros e sua bacia tem cerca de 3.000.000 quilômetros quadrados, sendo assim o 2° maior rio do mundo, atrás apenas do rio Amazônas.

Pela maioria do Egito ser composta por um grande deserto, o rio Nilo se fez importante para todas as civilização que ali habitavam – e que passavam por ali – pois era a fonte de abastecimento das famílias, era responsável por enriquecer o solo onde eram feitos os plantios e por proporcionar o bem estar para a vida de todos os seres vivos que ali viviam.

As cheias do Nilo aconteciam entre o período de Julho a Outubro e por esse fator que os habitantes daquelas terras na época estipularam como seria as estações do ano, onde a 1° estação correspondia as inundações e cheias que aconteciam de Julho a outubro; a 2° estação proporcionava o cultivo da terra que acontecia entre Novembro e Fevereiro; e a 3° estação era a época da colheita, no período de Março a Junho.

Todos os meses de Agosto os habitantes ribeirinhos ao rio Nilo comemoravam as cheias e a riqueza que aquela extensão proporcionava para eles. Comemoravam aos céus, aos seus deuses pelas inundações e cheias mandadas anualmente que eram responsáveis pelo alimento das famílias, pelo cultivo da terra e da esperança dos povos, pela vida melhor e pela natureza que davam a eles tudo o que precisavam para sua sobrevivência.

Os egípcios sempre utilizaram os recursos do Nilo. Entre os meses de Novembro a Junho, eles construiam vários diques em toda a extensão das civilizações para que fossem todos abastecidos na época da cheia, para que eles pudessem abastecer a terra e os seres vivos dali quando as chuvas fossem embora.

Mesmo sendo composto por três rios, o Nilo no final de todo o seu percurso, deságua no mar Mediterrâneo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.