Como imigrar para o Canadá legalmente

Escolher a imigração para o Canadá é uma escolha que mudará a vida de uma pessoa da cabeça aos pés. Deixar pessoas queridas para viver em um país com uma cultura diferente não é uma decisão fácil.

Sendo assim, antes de decidir optar pela imigração, será necessário pesquisar tudo sobre o Canadá, principalmente as oportunidades, os prós e os contras. Compreenda que o Express Entry, é o sistema de imigração para o Canadá, que possui como escolha para a imigração:

• Trabalhadores qualificados (Federal Skilled Worker Program)
• Trabalhadores técnicos (Federal Skilled Trades Program)
• Canadian Experience Class. (Experiência)

Para se candidatar será necessário entrar no site da Imigração Canadense para preencher o formulário online. Deste modo, todos os candidatos entrarão para o banco de dados.

Somente os candidatos aceitos pelo Express Entry, poderão fazer o pedido de “Residente Permanente”, com prazo de 60 dias, após receberem o convite formal “Iitation to Apply for Permanent Residence”.

O Express Entry, traduzido para o português é “Entrada Expressa”, o nome explica o curto prazo de seis meses ou menos, permitido para organizar todo o processo de imigração.

O nome do candidato inscrito, poderá ficar no banco de dados do Express Entry, por até doze meses. Caso tenha feito sua inscrição e depois de doze meses não o chamaram, é possível fazer a atualização do perfil para enviar novamente ao sistema.

Veja a seguir, os itens cobrados durante o formulário online, que são essenciais para adquirir a imigração canadense.

• Habilidades profissionais
• Experiência de trabalho
• Nível educacional
• Dominar uma das línguas: Inglês ou Francês

A dica para quem não foi chamado pelo sistema “Labour Market Impact Assessment” ou que não foi nomeado, é de se cadastrar no “Employment and Social Development Canada’s (ESDC)”, que é o banco de empregos oficial do país.

O intuito do banco de empregos é dar assistência para que os candidatos conquistem uma oferta de emprego de outro empregador canadense. Porém, a maioria dos empregos oferecidos aos candidatos, necessitará da aprovação oficial pelo “Labour Market Impact Assessment”, pois será preciso investigar se não há nenhum canadense disponível para a vaga.

Os candidatos que são convidados para dar entrada ao pedido de migração, são os mesmo que tiveram as melhores pontuações. Veja a seguir, pontos que ajudam a somar:

• Obter oferta de emprego de alguma empresa canadense, lembrando que tem que ser oficial e aprovada.
• Obter convite de alguma Província ou Território Canadense.

O candidato poderá somar até 1.200 pontos. Sendo assim, entenda a seguir, como funciona a pontuação do Express Entry:

• Habilidades e Experiência

Candidato solteiro: no máximo 500 pontos, sendo 110 pontos possíveis para a idade, 150 pontos possíveis para o nível educacional, 136 pontos possíveis para o domínio do Inglês ou Francês, porém 24 pontos para a língua secundária (Inglês ou Francês), 80 pontos possíveis para experiência prévia de trabalho no Canadá.

Candidato casado: no máximo 460 pontos, sendo 100 pontos possíveis para a idade, 140 pontos possíveis para o nível educacional, 128 pontos possíveis para o domínio do Inglês ou Francês, porém 22 pontos para a língua secundária (Inglês ou Francês), 70 pontos possíveis para experiência prévia de trabalho no Canadá.

Esposa/esposo do candidato: no máximo 40 pontos, sendo 10 pontos possíveis para o nível educacional, 20 pontos possíveis para o domínio do Inglês ou Francês, 10 pontos possíveis para experiência prévia de trabalho no Canadá.

• Habilidades transferíveis

Pontuação máxima: 100 pontos.

50 pontos para quem possui domínio do Inglês e/ou Francês, junto a formação pós-secundária.

50 pontos pra quem tem experiência de trabalho prévio no Canadá, junto a formação pós-secundária.

50 pontos para quem possui domínio do Inglês e/ou Francês, junto a experiência de trabalho no exterior.

50 pontos para quem possui experiência de trabalho prévio no Canadá, junto a experiência de trabalho no exterior.

50 pontos para quem possui domínio do Inglês e/ou Francês, junto a um certificado de qualificação profissional.

• Pontos adicionais

Pontuação máxima: 600 pontos

600 pontos possíveis para o candidato com oferta de trabalho em alguma empresa canadense ou que tenha sido nomeado por alguma Província ou Território Canadense.

Dica:

• As duas melhores formas para conseguir um emprego no Canadá é enviar currículos via e-mail para empresas canadenses ou estudar no Canadá para conseguir um emprego, fator que aumentará as chances de uma futura imigração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.