DicasFree.com » Saúde » Vacina bcg em recem nascido reações

Vacina bcg em recem nascido reações

A vacina BCG é uma das principais vacinas administradas durante o crescimento do bebê. Saiba sua importância e mais sobre essa vacina nesse artigo.

     

As vacinas foram criadas para impedir que algumas doenças facilmente transmissíveis dizimassem ou afetassem de forma alarmante nas populações. Os surtos de doenças possuem raízes históricas e quase sempre foram devastadores, como o surto da peste negra que dizimou cerca de um terço da população europeia na idade média.

Atualmente, essas e outras doenças podem ser evitadas com a administração de vacinas. Essas vacinas podem ser tomadas assim que o indivíduo nasce ou em idades específicas, prevenindo uma série de doenças infecciosas. Entre as vacinas mais importantes, está a vacina BCG que é aplicada desde 1921 e combate o vírus que dá origem a seu nome, o  Bacilo Calmette-Guérin.

vacina bcg (foto: reprodução)

vacina BCG (foto: reprodução)

Vacina BCG

A vacina BCG impede que os indivíduos sejam contaminados pela tuberculose, doença que chegou a gerar grandes problemas de saúde pública no Brasil e em outros países. A eficácia da vacina não tem a ver com imunidade ao bacilo causador, mas inibe chances de contrair a doença e se contrair, evita que o quadro evolua drasticamente, fazendo com que o indivíduo responda bem ao tratamento.

O indivíduo deve ser vacinado até os 4 anos de idade, isso porque as chances de um bebê desenvolver a doença é de 50%, diferente da taxa de 10% nos adultos. Essa vacina é conhecida também como a “vacina da marquinha”, ela costuma deixar uma marca no braço onde é aplicada.

Reações da Vacina

A vacina BCG é aplicada logo na maternidade em quase 100% dos casos. Caso isso não ocorra, leve o bebê a um posto de saúde e requisite a dose, que é gratuita. Teoricamente, não há nenhuma reação comprometedora após o recém nascido tomar a dose. A não ser em alguns casos, onde envolvem problemas já do bebê.

No caso do recém nascido ter imunodeficiência, a vacina pode até contaminar a criança. Nesses casos, o tratamento deve se iniciar imediatamente para evitar o óbito. Esse caso é extremamente raro, mas é sempre bom saber dessa possibilidade. Fora isso, não há nenhum outro risco relacionado diretamente a vacina.

Depois de aplicada, haverá um leve inchaço no local, as vezes com aparência purulenta que dura alguns dias. É importante ressaltar que durante esse tempo, a higiene do bebê deve ser bem feita para evitar possíveis infecções no local. Após isso, a famosa cicatriz no braço aparece. Caso a cicatriz não apareça, é recomendável levar o bebê Á um médico pediatra para averiguar se será necessário repetir a dose.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?