DicasFree.com » Saúde » Plástica seio

Plástica seio

As plásticas no seio podem ter diversas finalidades, dentre elas estão bem estar físico, estético ou motivos de correção na coluna. Quer saber sobre o assunto? Confira este artigo!

     

Plástica no seio

Existem dois tipos mais conhecidos de plástica nos seios que são capazes de mudar a aparência, seja para finalidade estética ou relacionada a saúde. Dentre essas, uma delas está ligada ao ato de levantar os seios que com o tempo ou a amamentação e acabaram por “cair” (popularmente falado).

Enquanto isso, a outra se deve a redução das mamas, isso deve ocorrer devido ao peso dos seios e até afetar a saúde da coluna. Com um peso muito exagerado nos seios, é possível que a mulher fique corcunda, consequência dos problemas gerados pelo peso dos seios. Vamos conhecer os dois tipos de plástica no seio?

Mastopexia

A mastopexia é o tipo de plástica que visa levantar os seios que foram afetados pela gravidade. Ela é indicada para mulheres que já possuem tamanho adequado dos seios, não desejam colocar silicone e querem combater a flacidez. Também é chamada de lifting da mama.

O primeiro passo é realizado através de uma anestesia que combaterá todas as dores do processo. É possível que a mulher tenha interesse na realização do aumento através do silicone ou não. O excesso de pele que dá o caimento é retirado e então o tecido se reposiciona.

 Seios 

Se necessário, também são retiradas gorduras ou glândulas, dessa forma dão-se formato adequado aos seios. A média de tempo é de duas horas para cada cirurgia. É possível que a paciente saia do hospital no mesmo dia ou após o período de apenas 24 horas. É indispensável exames médicos antes de iniciar o processo.

Também é recomendado que essa esteja de jejum no dia da cirurgia. Esse tipo de procedimento cirúrgico custa cerca de R$3.600,00.

 Redução de mama

O segundo tipo de cirurgia relacionada a mama é a de redução que é destinada a mulheres que possuam seios muito grandes e o peso desse esteja afetando diretamente a coluna. A idade mínima para dar início ao processo é de 18 anos, nenhuma mulher menor de idade pode fazê-la sem autorização dos pais.

Também é feita através de uma anestesia geral que prepara o corpo feminino para efetuação. A internação após o período é de 3 dias e os seios devem ficar enfaixados por algum tempo. O resultado começa a ser satisfatório em cerca de 4 à 8 semanas dependendo da mulher.

Após o processo, ela deve manter cuidados como:

  • Usar sutiã 24 horas por dia
  • Não elevar os braços
  • Não dormir de bruços
  • Não pegar sol
  • Não carregar peso
  • Usar roupas leves
  • Não lavar louça
  • Não mover móveis
  • Não passar vassoura
  • Não ir à academia
  • Não dirigir
  • Não pegar crianças no colo
  • Evitar aglomerações
  • Não ir à praia

Também deve estar sempre fazendo uso do protetor solar. É importante que o processo seja realizado com um médico de sua confiança. Exames devem ser feitos antes da cirurgia para testificar se está tudo perfeito com sua mama.

O processo custa em média R$3.000 e R$5.000 reais. Mas é importante lembrar que ele pode variar de acordo com o estado do seio feminino, da clínica e da especialização do médico.

Riscos

É possível que o processo desenvolva alguns problemas como:

  • Embolia pulmonar
  • Infecção hospitalar
  • Infecção da cicatriz
  • Reação alérgica à anestesia
  • Rejeição da prótese
  • Perfuração de órgãos
  • Não ficar satisfeito com o resultado
  • Ter dificuldade na amamentação
  • Perda da sensibilidade no local

OBS: Nenhuma das informações aqui descritas substituem a ida a um médico especializado e demais orientações. 

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?