DicasFree.com » Escolar » Diferença entre morfemas e fonemas

Diferença entre morfemas e fonemas

A Língua Portuguesa pode nos confundir com suas diversas características e regras. Saiba como diferir Morfemas de Fonemas clicando no post.

     

No português brasileiro, o estudo das palavras pode confundir muito a cabeça dos alunos, principalmente do ensino médio. A imensa quantidade de regras gramaticais, sentidos e variações, podem prejudicar o aprendizado quando não explicadas de forma diferenciada e pedagógica.

Um exemplo de dúvida que possa surgir (e que geralmente surge nos ambientes escolares e em cursinhos pré vestibular) é a respeito dos fonemas e morfemas, duas formas de estudar as palavras que se diferenciam de maneira sutil. Confira abaixo o que é cada uma e como diferencia-las.

Português do Brasil possui várias semelhanças com o de Portugal

Português do Brasil possui várias semelhanças com o de Portugal

Fonema

O ser humano ao se comunicar oralmente com outros indivíduos da sociedade, emite sons que compõem letras e palavras. Essas unidades de sons são estudadas pela fonologia, que significa exatamente o “estudo dos sons”.

Toda unidade sonora que emitimos possui uma representação imagética em nosso cérebro. Essa representação pode ser expressada graficamente na fonologia. Geralmente, separa-se os fonemas com a utilização das “/” para diferencia-los.

Exemplo: a palavra Táxi contém 4 letras e 5 fonemas: T/A/K/S/I

Morfema

Os morfemas são unidades de significado das palavras. Eles compõem uma pequena parte dos vocábulos e expressam o sentido simbólicos deles. São classificados como Morfemas Gramaticais e Morfemas Lexicais.

Os Morfemas Gramaticais atribuem sentido interno as palavras, expressando os artigos, gêneros, proposições, números e tempos verbais nos vocábulos. Já os Morfemas Lexicais podem ser analisados de acordo com o Radical das palavras. O radical é a parte de sentido que não muda com as variações do vocábulo.

Exemplos: O morfema de Casa é “Cas”, pois ele é o que atribui o sentido do radical nas variações: Casa, Casebre, Casarão.

Portanto, podemos dizer que os Fonemas são as unidades sonoras das palavras e os Morfemas são as unidades de sentido das mesmas.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?