DicasFree.com » Biologia » Animais do Deserto do Atacama

Animais do Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama no Chile é bastante vasto e contém uma biodiversidade interessante e própria, digna de estudos. Saiba um pouco mais sobre os animais do Atacama.

     

Em nosso planeta, existem uma grande diversidade de regiões, cada uma com suas particularidades que podem se repetir em outros locais ou serem únicas de um determinado território.

Lago de Sal no Atacama

Lago de Sal no Atacama

Um dos tipos mais icônicos e comentados são as regiões desérticas. Conhecidas por serem mares de areia quase sem fim, os desertos podem ser lugares de difícil sobrevivência para o homem, mas que guarda inúmeras surpresas em paisagens e tipos de vida que neles habitam.

Deserto do Atacama

Localizado no Chile, o Deserto do Atacama é uma das maiores regiões desse tipo no mundo. Possui cerca de 1000 km de extensão. Apesar de ter o nome de “deserto”, no Atacama você poderá ver mais pedras e montanhas do que as famosas areias que representam esse tipo de região.

O Atacama é o deserto mais alto do mundo e também o deserto mais árido. Devido sua altitude, as correntes vindas do pacífico não conseguem adentrar no local, despejando toda sua água e umidades antes de chegar. Dessa forma, chuvas são muito raras nesse vasto território chileno.

Apesar disso, existem algumas vilas dentro do deserto, sendo a mais famosa e maior São Pedro do Atacama que é frequentemente visitada por turistas e estudiosos para adentrar no deserto. Apesar de ser surpreendentemente seco, existem alguns lagos no deserto com água o ano inteiro que servem para a sobrevivência tanto das vilas como dos animais que lá habitam.

Animais do Atacama

Apesar de ser um local muito inóspito, o Atacama possui uma biodiversidade ativa e diversificada, que com os anos de adaptação conseguiu vencer a aridez e sobreviver nesse ambiente difícil em variados jeitos. O local é conhecido por ter poucas plantas, tendo os líquenes e cactus como principais na paisagens. Confira alguns animais que vivem no Atacama:

Flamingos – regiões costeiras – Os flamingos encontrados no deserto do Atacama são diferente de quaisquer outros no mundo. Isso porque eles se adaptaram ao modo de vida no local para a sua sobrevivência. Tendo uma dieta baseada em plânctons encontrados nas águas salgadas do deserto, os flamingos filtram a água salgada para poder bebe-la. Devido a grande ecasses de alimentos e dificuldade de sobrevivência, os flamingos do Atacama são muito ariscos a outras presenças.

flamingo

Flamingo

Pelicanos Pardos – regiões costeiras – Os Pelicanos só vivem nas regiões costeiras do Atacama, devido ao fato de sua dieta se basear na ingestão de peixes. Como característica especial, os pelicanos possuem um grande pescoço com uma bolsa que utilizam para guardar o  alimento. Essa ave costuma ser grande, medindo entre 3 metros de uma asa a outra e tendo os dedos unidos por membranas para facilitar o nado.

pelicano

Pelicanos

llamas – adentro do deserto – As llamas são animais de aproximadamente 1,40 m e são nativos da América do Sul. Normalmente, esse animais vivem em lugares mais frios como a cordilheira dos Andes, porém podem ser encontradas no Deserto do Atacama. Costumam ser calmas e tranquilas quando não interrompidas. Esse animal fora importante para os incas pela sua lã, carne e couro retirado dele. Esse animal geralmente se alimenta de vários tipos de capim e pode pesar cerca de 120 kg.

llama

llama

Raposa Andina – adentro do deserto – A raposa é um animal onívoro da mesma linhagem dos caninos. Possui focinho pontudo e grandes orelhas que ajudam em sua espetacular audição. Esses animais são conhecidos por serem ágeis e ótimos caçadores. A Raposa Andina ter coloração muito parecida com a própria paisagem do deserto, o que a ajuda a se camuflar das presas e ameaças.

raposa

Raposa

Vicunha – regiões costeiras – A vicunha é o animal que contém a melhor qualidade de lã que se pode obter naturalmente. Por esse motivo, era muito caçada na região dos andes. É totalmente adaptada a região onde vive, podendo suportar o frio da noite e o calor do dia, além de ter cascos bipartidos que permitem que esse animal escale montanhas e lugares íngremes com perfeição.

vicunha

Vicunha

Dragão de Sal – adentro do deserto – Devido a grande proximidade para com as serpentes, os lagartos se diferem em muitos aspectos de suas parentes próximas. Esses répteis escamados podem viver em diversos tipos de climas e regiões do planeta, podendo também se adaptarem a climas quentes e frios. O Dragão de Sal se alimenta de pequenos insetos e aranhas, podendo viver em regiões muito inóspitas como o Atacama.

lagarto

Dragão de Sal

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?