DicasFree.com » Português » Quando utilizar a crase?

Quando utilizar a crase?

Acesse este artigo e confira o que é a crase, como utilizá-la e em quais situação ela não deve ser empregada.

     

A palavra crase vem do grego “krasis” que significa fusão ou junção. A crase portanto aparece justamente quando se unem duas vogais que são idênticas, para não repetir a letra essa união é simbolizada com a acentuação. No português a crase é assinalada com o sinal grave ( ` ). Confira a seguir as situações em que pode aparecer:

1. Preposição ‘a’ mais os artigos definidos ‘a’ e ‘as’, exemplo:

– Investimento na educação é uma medida essencial às políticas públicas.

Neste caso é fundamental que se considere ao utilizar a crase noções de termo regente e regido quanto a utilização ou não da preposição.

2. Preposição ‘a’ mais com os pronomes demonstrativos aquele/aqueles, aquela/aquelas e aquilo, exemplo:

– Dirija-se àquelas moças com mais respeito.

3. Preposição ‘a’ mais os pronomes demonstrativos ‘a’ e ‘as’, exemplo:

Estudos.
(Foto: Reprodução)

– A felicidade em demasia exerce influência positiva à questão do estresse.

Uma dica importante para saber se deve ou não utilizar a crase é substituir o substantivo feminino por um masculino, caso se encaixe o uso do ‘ao‘ então  significa que se deve utilizar a crase, exemplo:

– Eu vou a sala.
– Eu vou ao Salão.
– O correto então é: Eu vou à sala.

Obrigatoriamente a crase deve ser empregada em expressões que indicam hora ou tempo, a exemplo de locuções como ‘à medida que’, ‘às vezes’ e ‘à noite’:

– À medida em que você fica comigo nesses dias eu me sinto mais segura.

A crase não é aceita antes de pronomes em geral, com exceção para alguns de tratamento, como senhora, senhorita e dina, exemplo:

– Dirijo-me à senhorita.

Também é fundamental se lembrar que a crase não é utilizada em determinadas situações, como antes de palavras masculinas, verbos, pronomes pessoais e nomes de cidade que não utilizam artigos femininos, exemplo:

– Estou disposta a falar.
– Cheguei a Curitiba.
– Caminhava a passos lentos.

As palavras terra e casa também são casos especiais onde não se deve usar a crase, a não ser se antes da palavra ‘a’ tiver um modificador.

Deve-se tomar cuidado para não confundir em expressões que indicam tempo a grafia do ‘a’ enquanto preposição com a do ‘há’ que vem do verbo haver, para isso lembre-se que o ‘a’ indica um tempo futuro e o ‘há’ indica tempo passado, exemplo:

– Daqui a pouco eu chego na sua casa.
– Há muito tempo não sei o que é diversão.

Agora que você conhece as situações em que se deve e não deve aplicar a crase tenha bastante cuidado ao aplicar tais regras ao seu cotidiano, uma vez que a linguagem bem elaborada é essencial para uma boa comunicação.

Posts relacionados

  • Aprenda como ensinar seu filho a ler e escrever
  • Gêneros textuais explicação completa
  • O que são as palavras monossilábicas?
  • Quais as pessoas do verbo?
  • Gêneros textuais e tipos textuais
  • Aprenda como fazer uma literatura informativa
  • Concertar ou consertar?
  • Vaso ou vazo?
  • Complemento nominal e adjunto adnominal
  • Qual a regra gramatical que explica o uso do Z?
  • Como escrever frases em inglês na forma negativa
  • Determinismo literatura brasileira
  • Formas de tratamento para autoridades
  • Desentendimento sinônimo
  • O que são falsos cognatos?
  • Classe gramatical das palavras
  • Vogais do alfabeto brasileiro
  • Onde foi inventado o papel
  • Senhorita abreviação
  • Infelismente ou infelizmente?
  • Puder ou poder?
  • Xingar ou Chingar
  • CELULAR NOKIA C3 ROSA COM WI-FI E CÂMERA 2.0 MP
  • CELULAR NOKIA 6700 ROSA COM 3G

  • Quer comentar ?