Dicas para engravidar

Há muitas mulheres que possuem dificuldades para engravidar, e não há parcelas de culpa entre seus parceiros e elas, até porque é provável o acometimento de um dos dois, a alguma disfunção que impede a fecundação.

Nos homens a dificuldade está em seus espermas, já na mulher em suas células reprodutoras. Existe a possibilidade também de possuírem uma quantidade inferior referente ao que é necessário para que o óvulo seja fecundado.

Dicas

Tanto a mulher quanto o homem devem ficar atentos a algumas práticas que ajudam ou não, a engravidar. Por exemplo, o consumo exagerado de produtos industrializados diminui consideravelmente as chances.

Engravidar.
(Foto: Reprodução)

Alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas também estão na lista como os principais vilões. É importante o casal evite o estresse e a ansiedade.

Ambos também podem inserir no dia a dia alimentos ricos em vitamina E, conhecido como nutriente da fertilidade. Evitando principalmente o aborto espontâneo.

Insira na dieta alimentos como:

  • Amendoim;
  • Avelã;
  • Amêndoa (óleo de amêndoa);
  • Semente ;
  • Óleo de girassol;
  • Pistache.

Outros alimentos também ricos em vitamina E são carne bovina e ovos.

Para que tenha sucesso na fecundação, a mulher em seu período fértil deve ter seguidos contatos íntimos dia sim e dia não. Para ter chances de concepção, após o homem ejacular deverá ficar deitada em repouso por cerca de 15 minutos, facilitando a chegada dos espermatozoides ao óvulo.

Caso tenha facilidade em ganho de peso, deverá reduzir a massa corporal em aproximadamente 20%, também é preciso que se cuide caso haja qualquer disfunção no ovário. Outra dica que vale aos dois é realizar exames periódicos no sistema reprodutor, as consultas rotineiras diminuem as chances de ambos desenvolver qualquer síndrome.

Em caso de medicação, tanto o homem quanto a mulher não devem consumir nenhum tipo de medicamento sem o consentimento médico. Uma vez que, apenas o profissional tem o direito de ajudar o organismo a solucionar algo que impede a fecundação. Isso, claro, após alguns exames realizados e o problema detectado.

São dicas simples mas que se forem seguidas passo a passo, aumentam grandemente as chances de haver gravidez. Lembrando sempre que, saúde em primeiro lugar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.