DicasFree.com » Corrimento Vaginal » Corrimento com mau cheiro

Corrimento com mau cheiro

Para mais informações sobre o tratamento, causas e prevenção de corrimentos anormais, acompanhe este artigo e fique por dentro do assunto.

     

Corrimento

Com certeza, toda mulher em uma consulta ao ginecologista já ouviu falar sobre os indesejáveis corrimentos. Também descobrimos cedo, que eles podem não ter influência nenhuma sobre o corpo e não fazer nenhuma espécie de mal ao organismo ou saúde íntima da mulher.

Contudo, é importante saber que eles são normais se não houver nenhuma espécie de cheiro. Os corrimentos que apresentam coceiras, dores e até mau cheiro, podem ter relação com infecções ocorridas durante algum ato sexual ou algum hábito não saudável.

As infecções podem estar em vários aspectos. Tendo relação exclusiva com infecções e problemas íntimos, ou não. Para identificar aquela que agride o corpo feminino, procure observar alguns sintomas. Esses geralmente estão ligados a intenso desconforto e muita dor.

Durante o ato sexual ou durante a prática de urinar, a dor chega a ser insuportável dependendo do grau da doença. Quando há infecção relacionada ao corrimento, o cheiro que exala da mesma é de peixe passado ou podre. As cores são sempre esverdeadas ou escuras.

Tratamento

Corrimento com mau cheiro (Foto: Divulgação)

Não é muito indicado que você faça uso de medicamentos caseiros ou qualquer outro produto que por um acaso “ouviu falar”. Sempre procure o seu ginecologista, o uso indevido de porções ou medicamentos pode agravar o problema, o transformando em doenças.

Os tratamentos adequados são feitos através de medicamentos ingeridos via oral, óvulos vaginais ou até mesmo cremes e pomadas. É tão batida a tecla da procura ao médico, principalmente porque a sua doença pode estar ligada a patamares mais ou menos graves.

Somente um especialista poderá orientá-la ao que fazer corretamente. Os tratamentos podem durar em média de 3 a 4 meses. Também é importante que não tenha múltiplos parceiros sexuais, e o atual parceiro seja tratado juntamente com a mulher. Evitar o ato sexual sem camisinha, também ajuda.

Prevenção

Para se prevenir das terríveis infecções, você precisa se proteger usando preservativos. Também procure não deixar suas roupas íntimas expostas a bactérias. Múltiplos parceiros são um dos motivos mais frequentes de mulheres que possuem infecções em suas genitais.

Também procure tomar chá de goiabeira. Ele reduz as chances de problemas com corrimentos e melhora sua saúde genital. Em caso de intensa coceira, tome banho com folhas de goiabeira, consumindo em grande escala fibras e nutrientes através de alimentos como iogurtes, legumes, verduras e frutas.

Posts relacionados

  • Desânimo e Desmotivação podem ser Depressão? Veja como Eliminar
  • Remédios caseiros para proteger da gripe H1N1
  • Sintomas do câncer de mama em homens
  • Dores lombares pela manhã
  • Vícios em jogos online: Entenda como Tratar, identificar ou Evitar os vícios online
  • Tipos de inflamação nos olhos
  • Diferença entre esgoto doméstico e industrial
  • Mal de Parkinson aos 30 anos você pode ter essa doença
  • O que causa afta na língua?
  • Doenças que atacam o sistema urinário
  • Doenças infantis mais comuns
  • Chá Ti Kuan Yin
  • Spa em casa: tratamentos que podem ser feitos no conforto do seu lar
  • Filhote de cachorro com vômito e diarreia com sangue
  • Tratamento para gripe na gravidez
  • Mastectomia, o que é?
  • Tendinite, sintomas, causas
  • Como evitar frieiras da praia?
  • Vício em internet é caso de procura médica?
  • Febre chikungunya sintomas e tratamentos
  • Conscientização contra a aids
  • Melhor tipo de depilação definitiva
  • Sintomas da anemia falciforme e tratamentos
  • Sintomas de fimose
  • Sintomas de menstruação
  • Formas de tratamento para prefeito
  • Como se proteger do ebola?
  • Corrimento com sangue no final da gravidez
  • Formas de contágio do ebola
  • Cãibras: causas, sintomas, tratamento e prevenção

  • Quer comentar ?