DicasFree.com » Variados » Sintomas de Dependentes Químicos

Sintomas de Dependentes Químicos

A dependência química é uma condição orgânica que surge a partir da utilização constante de determinadas drogas psicoativas, e as mesmas provocam o aparecimento de sinais e sintomas que comumente envolvem o Sistema Nervoso Central, ocasionando a dependência de uma determinada substância, os principais sintomas são: Crises de abstinência, Negação da dependência, Isolamento afetivo ou até mesmo interpessoal dentre outros.

     

Dependência Química

A dependência química é uma condição orgânica que surge a partir da utilização constante de determinadas drogas psicoativas.

Essas drogas psicoativas causam diversas consequências, e provocam o aparecimento de sinais e sintomas que comumente envolvem o Sistema Nervoso Central, ocasionando a dependência de uma determinada substância.

E dessa maneira começam a se tornar notáveis os efeitos repentinos ou prolongados de uma abstinência.

O uso abusivo de determinadas substâncias como, a nicotina, o álcool e determinadas drogas que são consideradas ilegais, pode causar a abstinência.

A dependência química comumente causa um quadro de sintomas, e os mesmos podem ser reconhecidos e levados em consideração através da observação.

A observação desse quadro de sintomas é de extrema importância, pois é a partir dos mesmos que os familiares podem ajudar o dependente químico, procurando um profissional da área da saúde. Segue logo abaixo um guia com informações sobre os principais sintomas da dependência química.

Guia com informações sobre os sintomas da dependência química:

Tolerância:
A necessidade de experimentar determinada substância aumenta gradativamente, pois somente assim o dependente químico obterá o efeito almejado.

Crises de abstinência:
As crises de abstinência podem ocorrer de maneira repentina ou prolongada, normalmente, as crises de abstinência surgem quando o uso da substância é suspenso. Os sintomas da abstinência são: irritabilidade, tremor, insônia e ansiedade.

  • Comumente o dependente químico passa a perder grande parte do seu tempo procurando consumir quantidades mais notórias da droga.
  • Auto destrutividade.
  • Negação da dependência.
  • Isolamento afetivo ou até mesmo interpessoal.
  • Tendência à envolvimento com situações arriscadas.
  • Comportamentos inquietos e agressivos.
  • Tentativa fracassada de diminuir a quantidade de uso.
  • Necessidade compulsiva por prazer imediato.
  • Deixar de lado a pratica de atividades rotineiras e habituais, dando preferência às drogas.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?