DicasFree.com » Doença » Alergia Vaginal

Alergia Vaginal

As principais causas das alergias na região da vagina são: Relação íntima sem o uso de preservativo, depilação total ou parcial dos pêlos das regiões em volta da vagina, contaminação e infecção vaginal decorrente de relação íntima sem o uso do método contraceptivo de barreira, os principais sintomas são: vermelhidão, coceira, irritação da pele, acometimento de pequenos caroços.

     
Alergia Vaginal

É importante procurar a orientação de um médico ginecologista, principalmente se a alergia vaginal vier acompanhada de algum tipo de secreção vaginal.

Muitos fatores podem propiciar ou ocasionar o surgimento de alergias e irritações na região vaginal e vulvar. Geralmente as alergias que surgem na região da vaginal apresentam sinais e sintomas bastante característicos, dentre os mesmos os principais são: vermelhidão, coceira, irritação da pele, acometimento de pequenos caroços.

É importante procurar a orientação de um médico ginecologista, principalmente se a alergia vaginal vier acompanhada de algum tipo de secreção vaginal.

Fatores que mais propiciam o surgimento de alergias vaginais:

  • Contaminação e infecção vaginal decorrente de relação íntima sem o uso do método contraceptivo de barreira, preservativo, ressaltando que a relação íntima sem o uso do preservativo aumenta significativamente o incidência de DSTs;
  • Uso interno de pomadas vaginais, as mesmas devem ser prescritas pelo médico ginecologista;
  • Depilação total ou parcial dos pêlos das regiões em volta da vagina, muitas vezes as substâncias utilizadas causam irritações, ressaltando que essa região é bastante sensível;
  • Uso de calcinhas confeccionadas com determinados tipos de tecidos, ressaltando que as calcinhas de malha de algodão são as mais indicadas;
  • Relação íntima com o uso do preservativo, algumas pessoas são hipersensíveis a determinados tipos de materiais, como por exemplo o látex;
  • Relação íntima sem o uso de preservativo, o que pode causar contato direto com o espermatozoide e ocasionar a alergia.

Como já foi citado logo acima, é indicado procurar a orientação de um médico ginecologista, pois o mesmo poderá fazer um diagnostico mais preciso, e caso seja necessário o mesmo indicará o tipo de tratamento mais adequado.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?