DicasFree.com » Mulher » Corrimento amarelo

Corrimento amarelo

O corrimento amarelo, pode ser derivado de uma infecção cujo nome é tricomoníase. Para saber mais informações sobre o corrimento amarelo e seus problemas, acompanhe este artigo e fique por dentro.

     

Corrimento amarelo ou amarelado

Os corrimentos, em alguns casos são completamente normais e tem o objetivo de lubrificar o órgão genital feminino, no intuito de fazer com que ele esteja protegido. As primeiras indicações, é que você faça algumas análises. Como por exemplo, sobre o odor transmitido pelo corrimento. Se for forte, é sinal de perigo.

Na maioria dos casos de corrimento amarelo com cheiro forte, o que ocorre é a tricomoníase. Essa é uma doença sexualmente transmissível que se torna na maioria dos casos assintomática aos homens. E nas mulheres provoca, além do corrimento amarelado, dor durante o ato de urinar. E ardor durante a relação sexual.

Para descobrir se o seu problema está relacionado a infecção, você precisará fazer alguns exames que certamente lhe proporcionarão um resultado sobre o problema. É muito necessário que haja o cuidado correto com a doença, isso porque ele pode trazer facilidade para a contaminação com a AIDS.

Essa mesma doença, durante a gravidez, pode fazer com que seu bebê nasça prematuro e também com baixo peso. A mesma também pode trazer complicações a vida sexual do casal. Isso porque, ainda que no homem ela não se desenvolva tão rapidamente, o homem contaminado pode desenvolver a AIDS a partir da mesma.

Além disso, caso o parceiro não seja tratado, ele pode contaminar novamente sua parceira e acarretar ainda mais sintomas desconfortáveis. Todo o tratamento deve ser indicado por um médico e você deverá ter acompanhamento do mesmo semanalmente. O mais indicado é o profissional da área de obstetria.

Os tratamentos são feitos através de medicamentos orientados a serem tomados pelo casal que mantém relação sexual e está contaminado.

Medicamentos

  • Metronidazol 2g
  • Secnidazol 2g
  • Metronidazol 500 mg
  • Tinidazol 2g

medicamentos

Nas primeiras semanas, o uso da camisinha é indispensável durante o ato sexual. A indicação completa, é de que não haja a prática. Mas caso isso seja um problema, o preservativo é o caminho. O uso dos medicamentos e o preservativo deve ser usado durante todas as relações.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?