DicasFree.com » Doença » Complicações diabetes

Complicações diabetes

O diabetes é uma doença série e precisa ser tratada corretamente, do contrário pode acarretar problemas irreversíveis e fatais. Vejo no artigo todos os detalhes.

     

O diabetes é uma doença crônica que acomete o organismo devido a falta ou produção diminuída da insulina, hormônio este que é produzido pelo pâncreas, tem ação essencial no controle e manutenção do metabolismo da glicose. Quando ocorrer a falta desse hormônio, eleva-se quantidade de açúcar no sangue, caracterizada por hiperglicemia e por consequência se adquire o diabetes.

Existem ainda 3 tipos de diabetes que as pessoas possam ser portadoras:

Tipo 1 – Cientificamente denominada como diabetes insulinodependente, acontece porque o organismo tem uma produção de insulina insuficiente, uma vez que as células estejam sofrendo com destruição autoimune. Pode atingir pessoas de diferentes idades, mas tem maior incidência entre crianças e jovens. O tratamento consta em realizar aplicação diárias de insulina com o uso de injeções, podendo criar situação de risco se não houver assiduidade das doses.

Tipo 2 – Diabetes não insulinodependente atinge me maior número pessoas com idade superior a 40 anos de idade e obesas, mas também afeta muitos jovens que mantenham vida sedentária, que estejam condicionadas a momentos de muito estresse e que fazem alimentação incorreta. Existe o hormônio insulina, mas o mesmo não consegue agir corretamente por causa da obesidade do indivíduo, gerando a hiperglicemia.

O controle do diabetes pode ser feito através desse aparelho, que mede a quantidade açúcar no sangue.

Diabetes gestacional – Quantidades anormais de glicose no sangue durante uma gestação, mas essa elevação costuma ser regularizada após o parto. No entanto, é possível que as mulheres que apresentaram diabetes gestacional, tem maior propensão em desenvolver o diabetes tipo 2.

O diabetes pouco demonstra sintomas, mas em geral são os principais são sede e fome excessivas, demasiado cansaço, volume anormal de urina, visão turva, representativa perda de peso, frequentes infecções e dificuldade na cicatrização de feridas.

Para ter o diagnóstico preciso sobre a presença de diabetes, é realizado o teste de glicemia realizado em jejum de 8 a 12 horas, possibilitando a verificação sobre o nível de glicose no sangue.

As pessoas consideradas diabéticas apresentam resultado igual ou superior a 126 mg/dl, já as quantidades de glicemia entre 70 mg/dl e 99 mg/dl são classificadas como não diabéticas, e pré-diabetes com resultados de 100 mg/dl a 125 mg/dl. Ao ser diagnosticada a presença do diabetes, o indivíduo precisa seguir todas as recomendações médicas para controlar os níveis de açúcar no sangue.

Acidentes vasculares cerebrais podem ser provenientes do elevado nível d e glicemia, ou seja, o diabetes não está controlado.

Com quantidades excessivas de glicemia, podem surgir várias complicações, entre as mais graves estão: Hipertensão arterial, obstrução das artérias coronárias, acidentes vasculares cerebrais (AVC), cegueira, insuficiência renal, neuropatias diabéticas, complicações gestacionais, na gravidez, abortos espontâneos, defeitos congênitos em bebês, problemas dentários, problemas renais entre outros.

O diabético pode levar uma vida normal se aderir as recomendações do tratamento. Utilizando  medicamento/insulina conforme prescrição do médico, manter uma alimentação balanceada, e ainda praticar as atividades físicas indicadas, pois além de ajudar a manter o peso, ainda consegue reduzir o nível de glicemia.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?