Melhores cachoeiras de Minas Gerais

Que Minas Gerais é um dos mais belos estados brasileiros não é novidade pra ninguém! Não é litoral, mas em contrapartida, possui diversos roteiros turísticos para quem vai visitá-lo. Com toda certeza, o encanto pelas belezas naturais acontece.

Se os próprios mineiros enchem os olhos, imagina os visitantes de dentro e fora do Brasil? Denotaremos à seguir as cachoeiras mais incríveis e requisitadas para o lazer. Preparado para conhecer? Acompanhe-nos.

Cachoeira Casca D’Anta

A queda d’água está a pouco mais de 300 quilômetros da capital Belo Horizonte, em meio a serra da canastra. A cachoeira, situada no parque de preservação ambiental, localizada-se a 40 km da cidade de São Roque de Minas. Da entrada do parque à cachoeira são pouco mais de 700 metros em uma trilha de fácil acesso.

Essa é emoldurada a uma imensa parede de rocha que se ergue a 340 metros de altura vista de baixo, nos dando a impressão de que um jato d’água está brotando no meio dela. É com certeza um dos lugares mais belos de Minas. Vale a pena visitá-la, ficar em contato direto com a natureza e mais.

Cachoeira Casca D’anta.
Créditos da imagem: http://zeviagem.blogspot.com/

Cachoeira Grande

Uma das mais conhecidas e visitadas quedas d’água de Minas é a cachoeira Grande, localizada fora do parque da serra do cipó, a pouco mais de 100 quilômetros de Belo Horizonte. A mesma situa-se em uma área privada e tem seu acesso por trilha (150 metros).

O rio, que se forma após a queda, possui poços propícios para banhos e também corredeiras para caiaques, aos adeptos da adrenalina.

Cachoeira Grande
Créditos de imagem: http://www.assimsefaz.com.br/

Véu da Noiva

Tratando-se de beleza, o Véu da Noiva está entre as primeiras da lista de Minas Gerais. A queda localiza-se em uma área particular, fora do parque da serra do cipó, a quase 100 quilômetros de distância de Belo Horizonte.

A cachoeira recebe esse nome devido a sua forma, caindo sobre as pedras e assemelhando-se muito a um véu.  Além de bela, é romântica, principal atração para casais casados e namorados. Recebe um fluxo maior de turistas durante épocas de romance como o Dia dos Namorados.

Cachoeira Véu da Noiva.
Créditos da imagem: http://pt.wikipedia.org/

Cachoeira do Chuvisco

Diferentemente das outras cachoeiras, “a do chuvisco” oferece ao turista o privilégio de prestigiar a paisagem tanto na parte de baixo como no topo através de uma trilha. A mesma está no percurso da chamada estrada real que vai desde Diamantina (MG) à Paraty (RJ). Trata-se de um lugar deslumbrante, de encher os olhos e o coração. Não está longe da capital mineira, estima-se que o trajeto seja de 170 quilômetros.

Por baixo, com a intensidade da queda é formado uma espécie de túnel que permite que o turista atravesse para a outra margem. Nesta cachoeira é preciso estar acompanhado de um guia ou alguém mais experiente, não vale a pena arriscar sozinho.

Cachoeira do Chuvisco.
Créditos da foto: http://www.panoramio.com/

Agora chegou sua vez de colocar a mochila nas costas e o “pé na estrada”. Afinal de contas, a vida está aí para ser vivida e um pouquinho de aventura faz bem pra saúde! Conheça as belezas mineiras, divirta-se, viaje, viva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.