DicasFree.com » Informática » Vírus de computador

Vírus de computador

Você já teve dor de cabeça por causa de um vírus de computador? Saiba mais sobre esses programas maliciosos ao ler este artigo.

     

Atualmente, os vírus de computador são muito conhecidos e igualmente temidos. Com a grande popularização dos dispositivos eletrônicos como computadores pessoais e notebooks, o número de códigos maliciosos, sejam apenas para danificar o equipamento, como para roubar informações importantes do usuário, cresceu da mesma forma.

Isso deu um passo a mais com imensas vendas de dispositivos móveis como smartphones. Com sistemas baseados em softwares de computador, esses dispositivos estão sendo alvos de vírus eletrônicos, forçando as empresas a repensarem e refazerem esquemas de proteção.

História dos Vírus Eletrônicos

Desde os primórdios da computação, já se tinha a ideia de que códigos maliciosos pudessem afetar diferentes softwares, alterando seu funcionamento e prejudicando a máquina atingida. Em 1983 um doutorando (Fred Cohen) da Universidade do Sul da Califórnia, foi o primeiro a palestrar sobre o assunto, demonstrando até mesmo a capacidade do código se replicar e se transferir para outros dispositivos. Nascia a nomenclatura “vírus de computador”.

Os vírus podem danificar seriamente a sua máquina (foto: reprodução)

Um ano depois, o termo vírus foi oficialmente definido como um código ou programa que infecta outros softwares, se multiplica e pode ser transferido por diferentes mídias, evidentemente por se parecer com os vírus biológicos. No entanto, apenas em meados de 1986, foi descoberto o primeiro vírus de computador.

Esse vírus ficou conhecido como Brain que basicamente danificava o setor de inicialização dos discos rígidos. Tradicionalmente transmitido por um disquete contaminado. Com isso, a partir de 1988 começaram a surgir os primeiros programas antivírus como o conhecido até hoje Avast!. Esses programas continham informações sobre os vírus existentes e os removiam quando infectavam a máquina.

Vários vírus começaram a surgir e a danificar máquinas nos Estados Unidos e Europa, causando prejuízos de milhões de dólares. A partir de 2001, com a maior popularização da internet no mundo, os vírus tipo Worm passam a ser bastante comum por serem transmitidos facilmente por e-mail e redes sociais.

Como evitar?

Dificilmente você conhecerá alguém que nunca teve sua máquina infectada por um vírus. A ocorrência desse tipo de programa malicioso é muito comum atualmente, principalmente devido a facilidade de acesso a internet, e-mails, redes sociais, downloads, entre outros. No entanto, existem algumas formas de se evitar ser infectado por um vírus eletrônicos.

Evitar clicar em banners comerciais duvidosos nos sites é uma das primeiras. Empresas sérias investem publicidade limpa e não propõem “ofertas imperdíveis e inacreditáveis”. Não caia nesse golpe. Pop up com mensagens maliciosas também devem ser evitados. Compras em sites que estejam em listas de desconfiança do governo também podem, além de tomar seu dinheiro, instalar vírus que roubam suas informações pessoas. Você pode acessar essa lista aqui.

Em redes sociais, evite clicar em links promocionais, em compartilhamentos explosivos (com o máximo de pessoas citadas possível), recados totalmente improváveis e tudo que lhe parecer estranho. Use o bom senso e veja se a pessoa que lhe enviou realmente faria isso. Pessoas infectadas não sabem que repassam os vírus porque a própria programação faz isso.

Ao fazer downloads, repare no tamanho dos arquivos. Se você quer baixar um vídeo por exemplo, e o arquivo que se diz ser o vídeo for muito pequeno ou for em bloco de notas, por exemplo, não baixe. Nesses casos é quase certeza de que se trata de um arquivo malicioso. Por último, instale um antivírus. A internet oferece um grande leque de opções de antivírus gratuitos e pagos. Escolha um e instale.

Fui infectado! E agora?

Se o seu computador já apresenta sinais de que está infectado por um vírus eletrônico, talvez seja a hora de instalar um antivírus. Escolha um de sua preferência ou de recomendação de um amigo. Depois de instalado, procure executar uma varredura completa no sistema. Isso pode demorar um bom tempo, mas provavelmente o vírus será identificado pelo software.

Caso não dê resultados satisfatórios, você pode pesquisar sobre seu problema. A internet está recheada de fóruns que ensinam, passo a passo, como se livrar de diferentes tipos de vírus. Em último caso, sempre é uma boa escolha levar sua máquina a uma empresa de computação para resolver o problema.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?