DicasFree.com » Saúde » Vício em internet é caso de procura médica?

Vício em internet é caso de procura médica?

Descubra aqui se o vício em internet é caso de intervenção médica. O que fazer? Quais sinais e cuidados para evitar a dependência cibernética? Estes e outros questionamentos estão expressos no decorrer desta interessante matéria. Confira!

     

Com o avançar da tecnologia, a era digital trouxe diversos benefícios, mas também malefícios aos usuários dos aparelhos super modernos, como o “vício cibernético”.

Há pessoas que fazem tudo praticamente conectadas ao celular, já que o aparelho dispõe dispositivos para que haja a interação entre pessoas através das redes sociais. Mas e o limite? Principalmente quando se trata de adolescentes que não conseguem ficar períodos sem navegação?

O indivíduo que extrapola os limites quanto ao uso das redes é classificado como “ciberviciado” ou viciado em internet.  Muitas vezes, quando abordamos assuntos sobre vício, logo associamos a outras particularidades como:

  • O álcool
  • As drogas
  • Os jogos
  • Entre outros tipos

Entretanto, a dependência está ligada a uma questão mais ampla, não se restringindo apenas a uma determinada característica, mas há várias.

Vício cibernético (Foto:Reprodução)
Créditos de imagem: http://www.zun.com.br

Pessoas que passam muito tempo diante do computador recebendo e enviando e-mails, jogando ou simplesmente navegando por navegar, não se adaptando à distâncias dos aparelhos de conexão, precisam seriamente de tratamentos psiquiátricos.

Dentre os principais malefícios do vício, teremos:

  • A degradação das esferas sociais, familiares, afetivas e profissionais, pois se torna cada vez mais obsessivo pela rede.

A cada momento surgem novidades tentadoras na internet, o que seduz o navegador. Os casos de compulsão pela rede só vem aumentando a passos largos, em uma cultura que defende a generalização de tudo, as interações sociais da vida real vão dando espaços às conexões cada vez mais estreitas e por vezes, sem volta.

O vício em internet é algo que precisa ser tratado, se categoriza como uma doença psíquica atribuída a dependência. A rede é algo útil que oferece conforto, mas deve ser utilizada de maneira adequada para que não afete a vida real. Além disso, ela não é 100% segura, há armadilhas.

Os dependentes apresentam, em sua grande maioria, depressão e ansiedade, além de conviverem constantemente em conflito com familiares, fazendo aumentar ainda mais a necessidade de uso da web.

O que fazer?

Sentir dores constantes nas costas e ganhar peso são alguns dos fatores físicos da dependência cibernética. Tente minimizar o uso da rede. Se perceber que não é possível ficar longe, é hora de procurar tratamento. Os psiquiatras são os profissionais que podem ajudar a solucionar tal problema. O mesmo ministrará algumas orientações e se for preciso, até medicamentos.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?