DicasFree.com » Mulher » Tipos de Corrimento

Tipos de Corrimento

Veja no artigo, como surge os corrimentos e os diferente tipos que podem ser apresentados na região íntima da mulher.

     

Oque é ?

O corrimento vaginal é caracterizado como uma secreção normal ocorre nessa região do corpo, mas a espessura e o odor da mesma pode se apresentar de diferentes aspectos, e essa alteração pode indicar um problema na saúde íntima, da mais simples a mais grave. Em termos de incidência, o corrimento tem sido a causa maior para que as mulheres chegam a realizar as consultas ginecológicas, pois quando a secreção apresenta alterações, é porque algo de errado está ocorrendo.

Causas

A causa do corrimento excessivo, pode causar desconforto e a proliferação de bactérias, em caso de contágio por fungos e afins. O trato vaginal é composto pelo órgão feminino interno de aproximadamente 7cm, e que fica entre a vulva e o útero. Na parte externa que é a vulva, são encontrados inúmeros micro-organismo, justamente por causa da localização que está, já na parte interna, é preciso que não exista esse contato, mas essa proteção que nem sempre é fácil de ser mantida.

Defesa do corpo humano

corrimento branco

O corrimento é um mecanismo da flora vaginal, mas se o mesmo apresenta mal cheiro e cor amarelada pode ser sinal de alguma doença íntima.

O mecanismo de defesa do órgão, utilizado pelo mesmo como forma de evitar o contágio desses micróbios é a flora vaginal, ou seja, bactérias protetoras da região íntima da mulher que impedem a invasão de qualquer micro-organismo. Apesar de se renovarem constantemente, as bactérias da flora precisam de condições favoráveis para que sobrevivam e se multipliquem na quantidade necessária para proteger o trato vaginal.

Cuidados e Fatores

A primeira condição está na temperatura ideal que não pode ser elevada, portanto, utilizar roupas muito quentes e apertadas como jeans, lycra, abafam a região e prejudicam a flora vaginal.

Outros fatores também estimulam o enfraquecimento das defesas, o que resulta na proliferação de fungos e bactérias, tais como estresse emocional, dietas radicais, alguns medicamentos, duchas internas, produtos cosméticos locais entre outros.

Com a flora enfraquecida, surge diferentes corrimentos que também podem ser provenientes de doenças adquiridas durante ao ato de relação íntima sem proteção, ou seja as DST’s. Confira os tipos e causas corrimentos:

Corrimento branco acinzentado

Vaginose: causada por bactérias, apresenta mal cheiro após o fluxo menstrual e após relações íntimas.

Corrimento branco ou amarelado

Candidíase: causada por fungos, apresenta coceira, ardor interno e externo.

Corrimento amarelado ou amarelo/esverdeado

Tricomoníase: causada por DST’s, é abundante, tem mal cheiro é fluído e provoca inflamação do órgão genital.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?