DicasFree.com » Variados » Tesouro Direto dá lucro?

Tesouro Direto dá lucro?

O tesouro direto é um sistema do governo que permite ao seus investidores obterem os mesmos resultados satisfatórios que os bancos, investindo em títulos públicos. Para entender um pouco melhor sobre o assunto, confira neste artigo.

     

Tesouro Direto

Há algum tempo atrás, a nossa poupança de cada dia deixou de ser um ótimo investimento. O que mais se fala agora é em Tesouro Direto. Muita gente nem faz ideia do isso pode significar e nem dos ganhos que pode obter com ele. O tesouro Direto é um sistema criado pelo Governo Federal.

Ele tem como prioridade vender títulos públicos pela internet á todos investidores de pessoa física que queiram entrar para o negócio. O que acontece, é que você poderá investir em títulos de dívida do governo, sem ter que ir á uma agência federal e nem mesmo sair do conforto de seu lar.

É o mesmo processo de um empréstimo para concluir qualquer atividade de seu interesse. Nesse caso, você emprestaria seu dinheiro ao governo e não o contrário. Estará financiando as obras e gastos feitos pelo governo brasileiro.

As formas de investimento no Brasil se modificam a cada ano, agora você poderá investir em títulos públicos através do Tesouro Direto

Investimento (Foto: Reprodução)

Para que o governo consiga um empréstimo, ele emite vários “títulos de dívida pública”. Conforme o tempo for passando, quem emprestou tal dinheiro poderá rever os juros com o decorrer dos anos. Aqui no Brasil, esse processo só é possível graças ao tesouro nacional.

Depois de serem emitidos, esses títulos passam por um processo de venda. Os compradores geralmente são bancos, fundos e as mais variadas instituições interessadas no processo. Tudo é feito por meio de um leilão. Contudo o investidor, pessoa física, não estaria apto a participar por envolver grandes quantidades de dinheiro.

Todo o processo se iniciava no investidor de pessoa física e também terminava nele. O processo ocorrido era investimento em taxas de administração feitas pelo investidor (pessoa física investindo exclusivamente em taxas do banco), a saída do banco é feita como dinheiro e vai até o Tesouro Nacional.

Depois disso, ele voltava ao banco como títulos públicos e passa ao investidor primário como renda de fundo. Essa mesma renda, que era voltada em dinheiro, prossegue novamente e chega ao tesouro nacional, voltando ao investidor como Títulos Públicos.

Como não poderia haver investimento direto, o retorno ao investidor demorava muito mais do que ele podia imaginar. Isso porque o que realmente era oferecido era o investimento em taxas administrativas referentes ao banco, relacionados aos fundos.

Isso mudou por volta do ano de 2002, quando o tesouro nacional acabou de vez com os benefícios que favoreciam somente os bancos e criou o sistema de Tesouro Direto. Agora, é possível que esses mesmos títulos públicos sejam vendidos diretamente a todos de pessoa física que estejam interessados.

Dessa maneira, os trâmites ficaram mais democráticos e justos. O mais interessante é que todo o procedimento pode ser feito via internet. O único documento indispensável é o CPF e  dados da conta corrente ou poupança. Agora, a igualdade está presente nos investimentos tanto de pessoas físicas como em bancos.

O acesso é exclusivo e não difere entre pessoas físicas ou jurídicas e todos estão aptos a ter acesso ao investimento. Muita gente fica em dúvida exatamente no momento de realmente investir, a maior dúvida é se realmente é vantajoso o investimento direto.  As vantagens são:

» Segurança

» Rentabilidade

» Tributação de IR na fonte

» Facilidade

» Liquidez

» Baixo investimento mínimo

» Variedade de títulos

Para fazer o procedimento é fácil, você só precisará abrir uma conta em uma corretora de valores, solicitar de imediato o acesso ao tesouro direto, transferir os recursos á nova conta e escolher os seus títulos públicos.

Dá lucro?

Os dados mostram que a cada ano o número de investidores satisfeitos crescem. Desde 2002, temos um percentual equivalente a 1157%. O tesouro direto é uma boa opção á todos aqueles que não se dão por satisfeitos com pequenos investimentos feitos na poupança ou outros sistemas comuns.

Os economistas indicam que o tesouro direto poderá trazer bons lucros com o passar dos anos. Se você realmente ficou satisfeito e quer entender um pouco melhor sobre o sistema, clique AQUI e fique por dentro dos principais tópicos do assunto junto ao site oficial do Ministério da Fazenda.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?