DicasFree.com » Saúde » Tendinite, sintomas, causas

Tendinite, sintomas, causas

A tendinite precisa ser cuidada e reparada! Conheça mais sobre a doença e seus quadros, também entenda como ocorre o desenvolvimento dos sintomas.

     

A tendinite é uma doença categorizada pela inflamação do tendão, esse por sua vez é uma extensão de estrutura fibrosa que faz a ligação entre músculo e osso. O paciente que se encontra com dores nessas regiões naturalmente apresentam alguns típicos sintomas de tendinite, como:

  • Dores
  • Inchaços

Não existe especificamente uma área corporal onde poderá ser firmada, contudo, a área mais costumeira ao seu desenvolvimento é a região dos pulsos ou braços. Tendo em vista que outros pontos podem ser afetados facilmente como:

  • Ombro
  • Cotovelo
  • Joelho
  • Tornozelo

Causas

Dentre os agravantes que consequentemente resultam na doença, temos fatores como:

  • Falta de alongamento muscular
  • Repetição de movimentos
  • Postura incorreta
  • Idade avançada
  • Estresse em excesso
  • Doenças autoimunes
  • Atividade física desregrada

Esportistas são geralmente afetados pela tendinite (Foto: Reprodução)

Geralmente tem categorização com sobrecargas, sendo mais comum em trabalhadores que utilizem força braçal para execução de seus serviços. Também se apresenta com bastante frequência em pessoas que trabalham na área de computação ou digitação.

É necessário que sejam utilizados apetrechos, esses fazem o processo de impedimento do agravamento da inflamação. Para identificar o problema, é preciso que fique atento há alguns sinais como:

  • Dificuldade no movimento dos pulsos ou da região afetada
  • Fraqueza
  • Inchaço
  • Atrofia muscular
  • Sensação de peso
  • Fadiga
  • Dor em toda musculatura
  • Calor
  • Vermelhidão

Diagnóstico

Para se obter um diagnóstico, é preciso saber o quadro que agravou o problema. Os médicos dessa área costumam fazer perguntas específicas que poderão levá-lo a principal causa do desenvolvimento da doença.

Talas, medicamentos e até cirurgias podem ser necessários para contenção do problema. Alguns especialistas indicam ainda que sejam realizadas sessões de acupuntura. Em casos mais específicos de dor intensa é indispensável a intervenção cirúrgica.

Medidas que ajudam a conter as dores

  • Anti-inflamatórios
  • Repouso
  • Aplicação de gelo
  • Fisioterapia

Você também poderá tomar alguns cuidados preventivos como:

  • Alongar-se com frequência
  • Desenvolver exercícios físicos que promovam o fortalecimento muscular
  • Respeitar os limites de seu corpo e não forçar a área atingida
  • Adotar medidas preventivas diárias
  • Corrigir a postura

Quando não há o tratamento indicado, é possível que se desenvolva e traga consigo outros problemas. Os quadros chegam até mesmo na ruptura do tendão ou deformação da área atingida. Portanto, muito cuidado com as dores nos pulsos e outras articulações.

O médico mais indicado é o ortopedista. Assim que houver necessidade e agravamento dos casos procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima e inicie seu tratamento.

Observação: Nenhuma das informações contidas nesse artigo pode substituir a orientação de um profissional dessa área. Fique atento aos sinais!

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?