DicasFree.com » Doença » Sintomas de fimose

Sintomas de fimose

Saiba nesta matéria tudo sobre a fimose, bem como os sintomas e formas de tratamentos. Entenda em quais quadros ela se apresenta e também em que condições. Clique aqui e fique informado!

     

Fimose é a dificuldade de expor a glande, já que o prepúcio (prega que faz o envolvimento da glande), estreita a passagem. O problema pode ser congênito ou adquirido. Nos primeiros meses de vida há uma aderência natural do prepúcio à glande, contudo, até os três anos de idade essa aderência desaparece na maioria dos meninos.

Tipos de prepúcio

Tipo I e IIExposição do meato uretral com retração um pouco maior.

Tipo IIIExposição da glande até a parte média.

Tipo IVExposição da glande à corona.

Tipo VExposição fácil de toda glande sem aderências encontradas nos tipos anteriores.

Principais causas

As causas frequentes são assaduras e cicatrizes, essas retraem a pele e deixam o anel do prepúcio cada vez mais estreito. A falta de higiene na região íntima também pode ser responsável pela incidência de inflamações e infecções, este caso se enquadra a chamada fimose adquirida.

Sintomas

Normalmente as condições da fimose são indolores. A infecção é que pode resultar de uma incapacidade de higienização eficaz na área. Neste caso, veremos sintomas como:

  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Dor na região

Um prepúcio muito apertado pode causar problemas na micção e nas relações íntimas.

A fimose pode ser congênita ou adquirida (Foto:Reprodução)

Formas de prevenção

A higiene é a melhor forma de prevenção para evitar o surgimento da fimose, além das demais complicações como a parafimose, onde ocorre a exposição da glande e consequentemente há o estreitamento do prepúcio, ação que impede que essa seja recolhida.

Exercícios e massagens no prepúcio devem ser totalmente evitados, eles causam intensas dores e podem vir a provocar sangramentos, como consequência, obteremos a formação de cicatrizes que reduzem o orifício por onde deveria passar a glande.

Tratamento

A fimose pode ser removida por intervenção cirúrgica (circuncisão ou postectomia) em crianças entre 7 e 10 anos de idade. O operado deixa o ambiente hospitalar em 4 dias podendo retornar as atividades normais. Caso a cirurgia seja realizada em um jovem, é recomendado o repouso absoluto por 1 mês, principalmente ao que se refere às relações intimas.

A intervenção cirúrgica pode ser uma opção em último caso, é possível que o tratamento ocorra através da pomada de corticoides, essas costumam ser aplicadas em graus diferentes, respectivamente 2 e 3, lembrando de haver a orientação médica sempre.

Há algum tempo, uma pomada obteve aprimoramento de médicos do Brasil, sua promessa é de redução da fimose em cerca 90%. A droga já é utilizada em diversos países. Ela tem o poder ativo anti-inflamatório, sendo sua principal função o dissolver das traves fibrosas.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?