DicasFree.com » Saúde » Sintomas da Toxoplasmose

Sintomas da Toxoplasmose

Para saber mais informações sobre a toxoplasmose e quais são os perigos. Clique aqui e fique informado sobre o assunto.

     

Toxoplasma gondii

Existe um parasita ou também chamado de protozoário, cujo nome é toxoplasma gondii. O mesmo é encontrado em fezes de alguns animais como os gatos ou qualquer outro que esteja infectado com a doença. Mas não se preocupe, raramente encontraremos um gato doméstico contaminado com a doença.

Transmissão ou contágio da Toxoplasmose

Ela pode ser transmitida aos humanos, somente através do péssimo hábito de comer alimentos “crus”. Por exemplo, comer carne mal-passada, é uma das poucas maneiras que se pode ser contaminado pela doença.

Sintomas do Toxoplasmose e seus tratamentos

Ao cozinhar, assar ou fritar essa mesma carne, você automaticamente estará eliminando o protozoário e se livrando da Toxoplasmose.

Fora ao mal cozimento de carnes e qualquer outro tipo de alimento, a transmissão pode ser feita através de transplantes de órgãos, transfusões de sangue, falta de cuidado ao manusear a caixa de gatos e acidentalmente ingerir partículas contaminadas e até o consumo de terra (o que pode acontecer com crianças de até 10 anos).

Problemas causados pela toxoplasmose

A infecção é mais grave, em pessoas que possuem imunidade baixa. Há casos de pacientes que não sentiram nenhum sintoma durante o desenvolvimento da doença. Mas para os casos de pacientes que sofreram com sintomas, esses são: Febre, ínguas pelo corpo e cegueira.

Além disso, altera o sistema nervoso, e o funcionamento de órgãos como o pulmão e o coração. Para se prevenir, é importante que você esteja em dias com a sua higiene pessoal e evite contatos com terra, gatos de rua e quaisquer animais não domésticos.

Tratamento da Toxoplasmose

Para se tratar, você deverá procurar imediatamente um médico e saber quais as orientações deverá seguir. Ele lhe pedirá vários exames como: Títulos de anticorpos, tomografia computadorizada do crânio, ressonância magnética da cabeça, exame com lâmpada de fenda e biópsia do cérebro.

Depois de todos em mãos, ele indicará o tratamento adequado que pode ser feito através de comprimidos e em casos mais graves, através de medicamentos injetados. Mas esses são os casos para pacientes já contaminados com o HIV ou qualquer outra doença que abaixa a imunidade. Pacientes sem mais complicações, não necessitam de tratamento.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?