DicasFree.com » Menstruação » Sangrar tomando anticoncepcional

Sangrar tomando anticoncepcional

O sangramento durante o uso do anticoncepcional é totalmente normal, mas também pode ser derivado de alguns problemas. Para saber mais informações sobre tal, acompanhe nosso artigo!

     

Sangramento

Sangrar tomando anticoncepcional é completamente normal. Os médicos chamam isso de sangramento de escape“, é uma forma do corpo se habituar ao remédio e fazer com que o mesmo tenha efeito. O que pode acontecer também, é que nos primeiros meses, o remédio não seja tão eficaz a ponto de interromper o sangramento normal.

Caso ocorra em pouca quantidade, não venha acompanhado de cólicas ou quaisquer dores menstruais, não indica nenhum problema. Caso a cólica apareça ou algo relacionado, você deverá procurar o seu ginecologista. Esse mesmo sangramento de escape, ocorre tomando ou não a pílula, portanto não se preocupe.

anticoncepcional

Anticoncepcional

Não interrompa de maneira nenhuma o anticoncepcional, os medicamentos deverão continuar sendo tomados e você não deve fazer ingestão de outros juntamente com ele. Remédios para dores que possivelmente você poderá sentir, estão totalmente fora de cogitação. Também não existe nenhum período determinado para que os sangramentos cessem.

Também pode estar ligada a alguma doença, por isso, sempre é orientado que o uso da camisinha é indispensável durante as relações sexuais. Não deixe de usá-la, poderá evitar muitos problemas. A desregularidade do ciclo menstrual é outra causa do sangramento durante o anticoncepcional.

O mais indicado é que você procure seu médico para saber de fato o que ocorre. Não tome medicamentos em hipótese alguma e sempre esteja cuidando da sua saúde íntima. Tenha em mente que seu corpo também depende de estar saudável sexualmente. Também evite a mudança de parceiros, ou estar com mais de um.

Doenças relacionadas

Ao ver sangramento e suspeitar de algo, procure se informar, isso porque esse tipo de incidente deriva de cisto no ovário, anemia, câncer no útero e até alguns miomas. O papanicolau deve ser feito por toda mulher não virgem, ao menos 2 vezes ao ano. A ida regular ao ginecologista também é totalmente necessária.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?