DicasFree.com » Viagem » Qual idade pode viajar sozinho?

Qual idade pode viajar sozinho?

Crianças e adolescentes precisam de autorização dos pais para viajar sozinhos, seja entre cidades, estados e até mesmo á outros países.

     

Que idade pode viajar sozinho?

Deixar um filho viajar sozinho, na maior parte das vezes é uma tarefa difícil principalmente para as mães. Há também leis governamentais que estipulam limite de idade para menores transitarem no Brasil e fora dele. O limite mínimo para viagens dentro do Brasil é de 12 anos de idade.

Os pais que quiserem mandar seus filhos á outros lugares, deverão assinar um termo de responsabilidade, autorizando o mesmo a embarcar com destino á algum outro lugar. Aqui, todos os adolescentes entre 12 e 18 anos  necessitam de autorização de seus pais para transitar.

Crianças com idade superior a 12 anos podem viajar sozinhas

Crianças e adolescentes só poderão realizar uma viagem com aval dos pais ou parentes que sejam responsáveis pelas mesmas. Viajar sozinho ao exterior, só acima dos 18 anos.
(Foto: Divulgação)

Já para o exterior, a indicação feita pelo governo é que só poderá viajar  se o indivíduo tiver a idade superior a 18 anos. Na hora do embarque, ele deve apresentar documentos como RG, CPF, autorização dos pais ou responsáveis e até documentos para viagens ao exterior.

Em qualquer viagem, seja dentro ou fora do Brasil, o adolescente deve apresentar seus documentos pessoais junto com a autorização. Essa pode ser preenchida pelos pais e assinada corretamente. O modelo de autorização pode ser encontrado AQUI, basta clicar e imprimir.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, mesmo que a criança esteja viajando com apenas um dos pais, avós ou pessoas de qualquer outro grau parentesco, é necessário que haja uma autorização. A justiça entende que é necessário um aval dado pela mãe, para proteção no caso de pais separados.

Os documentos necessários á apresentar devem estar em forma original e cópias autenticadas. Esse deve ser apresentado junto com o bilhete de passagem. Caso haja complicações, procure o posto de atendimento do Estatuto da Criança e do Adolescente mais próximo e oriente-se

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?