DicasFree.com » Curiosidades » Qual a maior palavra da Língua Portuguesa?

Qual a maior palavra da Língua Portuguesa?

Descubra através deste texto a maior palavra da língua portuguesa e seu significado.

     

A maior palavra da Língua Portuguesa é: PNEUMOULTRAMICROSCOPICOSSILICOVULCANOCONIÓTICO, com 46 letras. Essa palavra é derivada de uma doença, causada por cinzas e bactérias de um vulcão. A palavra é de nome fictício e de origem inglesa.

Foi inventada por Everett M. Smith, com a intenção de ser a maior da Língua Inglesa, depois disso, a mesma foi refeita e traduzida para a Língua Portuguesa. É uma junção de seis palavras diferentes.

A palavra foi refeita por todas as línguas. Nas traduções estão contadas em média entre 5 e 58 letras. Foi registrada no ano de 2011, pouco tempo depois de ter sido inventada por Smith.

Segunda maior palavra

Antes disso, quem ganhava o prêmio era a palavra ANTICONSTITUCIONALISSIMAMENTE, essa com 29 letras. Que significa algo de anticonstitucional, com significado político, origina-se da palavra constitucional e é o antônimo da mesma.

Signifcado:

  • PNEUMO – Pneumo é uma palavra científica que deriva de pulmão. Todas as doenças começas com essa palavra, certamente tem influência sobre problemas respiratórios e pulmonares.
  • ULTRA – Ultra é derivada de algo extremista. O adjetivo é usado para exposição de pessoa muito radical e exagerada em determinados termos.
  • MICROSCOPICOS – Essa, por sua vez, significa “aquilo que não pode ser visto a olho nu”, aquilo que não pode ser visto sem o auxílio de um microscópio. Devido ao tamanho.
  • SILICO – Silico é derivado de construção. É a construção de algo, ou desenvolvimento.
  • VULCANO – Vulcano é derivado de vulcão. Relacionado aos efeitos e explosões de um vulcão.
  • CONIÓTICO – O que também é visto a partir de microscópio. Algo relacionado a uma visão óptica.

A doença pode atacar pessoas que respiram ares vulcanicos. Fortes infecções no pulmão, geradas através de constantes inalações de cinzas vulcanicas.

Caracterizada pela degradação do pulmão, ocorrendo de forma vagarosa, ocasionando a morte. Os primeiros sintomas são dores nos olhos, quenturas no corpo, falta de ar e febres constantes.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?