DicasFree.com » História » Primeira Guerra Mundial consequências e causas resumo completo

Primeira Guerra Mundial consequências e causas resumo completo

A Primeira Guerra Mundial tem esse nome por ter envolvido muitas nações de quase todos os continentes, principalmente da Europa, Ásia e América do Norte. Entenda suas causas e consequências.

     

A Europa sempre foi uma região cercada de conflitos bélicos, ideológicos e tecnológicos. As nações europeias, hoje unidas por um imenso bloco econômico, antes eram rivais em vários segmentos, apesar de sempre estabelecerem relações comerciais entre eles.

Aconteceu que no início do século XX, o continente Europeu estava quase que por inteiro se recuperando de conflitos passados. As guerras franco prussianas por exemplo, desestabilizaram e geraram grandes perdas para os dois países. A partilha de regiões asiáticas e africanas ao sistema neo colonial que beneficiou poucos países europeus também acabou por gerar conflitos entre essas nações.

Guerra de Trincheiras

Guerra de Trincheiras

Os reinos de origem germânica estavam se organizando para se unificarem e os movimentos nacionalistas franceses estimulavam o revanchismo e a retomada dos territórios da Alsácia-Lorena, perdidos no conflito anterior. Além disso, a disposição de alianças e a corrida armamentista entre as nações que a tentavam se armar, ora pra se defender, ora para atacar se for preciso, espalhava a tensão pela Europa.

Início, causas e consequências da Guerra

Ocorreu que o herdeiro do trono do Império Austro-Húngaro, Arquiduque Francisco Ferdinando e sua esposa foram assassinados durante uma visita  a Sarajevo por um estudante participante da Mão Negra da Bósnia Jovem. Esse ato acabou por registrar conflitos políticos entre os dois Estados, onde ao fim o Império Austro-Húngaro declarou guerra contra a Sérvia. A aliança sérvia com os Russos acabou os colocando no conflito e as mobilizações militares aconteceram.

As movimentações militares fizeram com que a Alemanha entrasse no conflito declarando guerra contra a Rússia e contra França , invadindo Luxemburgo e Bélgica como estratégia militar para impossibilitar as fortificações nas fronteiras francesas. Devido a invasão da Bélgica, os britânicos declararam guerra contra os alemães. O cenários das grandes potências em guerra estava pronto e o conflito conhecido como “guerra das trincheiras” estava para se iniciar.

Como causas da guerra, podemos citar o nacionalismo das nações europeias, o revanchismo, as teias e acordos econômicos entre as nações, o processo de unificações dos impérios, o imperialismo, as novas estruturas neo coloniais e o atentado contra Francisco Ferdinando como gota d’água.

As consequências do conflito podem muito bem ser resumidas em uma frase: o término da primeira guerra mundial apenas criou um novo contexto para o surgimento de um novo contexto. O Tratado de Versalhes imposto as nações perdedoras do conflito criou duras sanções sobre a Alemanha principalmente, que teve de devolver a região de Alsácia-Lorena à Franca e os demais territórios conquistados aos seus antigos donos.

O Estado ainda teve de pagar os prejuízos causados as demais nações diretamente ligadas ao conflito. A indústria bélica estaria proibida de funcionar no país, os exércitos alemães só poderiam com duras regras e imposições e a economia foi devastada, aumentando o desemprego e a miséria.

Os diversos prejuízos e a desestruturação das outras nações europeias impediu que essas pudessem pressionar a Alemanha e Itália a cumprirem a risca o Tratado de Versalhes. Aos poucos, as novas doutrinas nacionalistas desses dois países, o fascismo e o nazismo reergueram a economia e reestruturou a indústria bélica e os exércitos. O Japão também adotou a postura imperialista e totalitária e logo se uniria economicamente com essas nações.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?