DicasFree.com » Curiosidades » Pragas urbanas: Baratas, pombos, ratos, formigas e cupins

Pragas urbanas: Baratas, pombos, ratos, formigas e cupins

As cidades possuem muitas pragas em comum. Saiba quais são essas pragas e o motivo de sua existência.

     

Desde sempre, os aglomerados urbanos trouxeram inúmeros benefícios a vida e sociedade dos seres humanos, porém também trouxeram uma série de problemas específicos desse tipo de vida. Com tantos seres humanos convivendo juntos numa mesma faixa de terra, os inúmeros detritos de consumo de toda espécie acabam por trazer necessidades básicas de limpeza e saneamento.

Apesar de atualmente grande parte das cidades possuírem saneamento básico, isso não quer dizer que estejamos livres de pragas sumariamente urbanas. Elas são atraídas por entulhos, animais domésticos, esgoto, água e grandes quantidades de comida que as cidades armazenam em cada casa e armazém.

Pragas Urbanas

Apesar de oferecer vários ambientes favoráveis a proliferação de várias espécies que compõem o que chamamos de pragas urbanas, essas espécies costumam se adaptar rapidamente e se fortaleceram, adquirindo resistência a diversas condições e até aos venenos utilizados por nós.

O pombo é considerado um praga urbana

O pombo é considerado um praga urbana

A transmissão de doenças por esses insetos e animais é bem comum e, muitas vezes, extremamente fatal. A peste bubônica que dizimou cerca de um terço da Europa é um exemplo de doença causada por uma praga urbana, que nesse caso, provinha dos inúmeros ratos que circulavam nos aglomerados.

Atualmente, algumas políticas públicas são implementadas para ter um mínimo controle sobre essas pragas e para prevenir as doenças que elas transmitem.

Quais são as pragas?

Vários insetos e animais podem ser considerados pragas urbanas. Alguns deles podem aparecer em temporadas ou em determinadas estações, outros apareceram em situações específicas na história e a grande parte está presente todos os dias durante a maior parte do ano.

As pragas urbanas mais comuns são as formigas, brocas, baratas, cupins, pulgas, aranhas, escorpiões, moscas, mosquitos, carrapatos, traças, percevejos, vespas, pombos, morcegos, roedores, grilos e caramujos.

Nem todas as pragas podem ser afastadas ou dedetizadas com venenos como os escorpiões, por exemplo. Porém, baratas, moscas, mosquitos, pulgas, entre outros, podem ser facilmente afastados com os métodos modernos de dedetização. Outras como os pombos e morcegos necessitam de cuidados especiais de limpeza urbana, porém, mesmo assim são os casos mais difíceis de serem afastados.

Como evita-las?

No âmbito familiar, a casa deve estar preferencialmente sempre limpa. É de extrema importância não deixar que lixos orgânicos e não orgânicos se acumulem no interior dos cômodos e da cozinha. Deixar as lixeiras do lado de fora da casa e suspensas por uma haste de metal também é uma boa estratégia.

Dispensas e armários de estocagem de alimentos devem estar sempre limpos e arejados. Alimentos como grãos nunca devem ficar abertos por muito tempo. Além disso, o processo de dedetização é importantíssimo para evitar que baratas e outros insetos transitem pelos cômodos.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?