DicasFree.com » Escolar » Por que devemos economizar água

Por que devemos economizar água

Se a superfície do planeta é composta mais por água do que terra, por que devemos economizar água? Sane essa dúvida aqui no DicasFree!

     

Quando olhamos para as imagens de satélite do globo terrestre, nos deparamos com um imenso planeta azulado, pequenas faixas terrenas se comparado a imensidão dos mares. Tendo em mente essa imagem, é difícil pensar que precisamos economizar água. De fato, mais de 70% da superfície da Terra é composta por água, sendo mares, rios, lagos e geleiras.

Aliado a isso, temos os ciclos naturais do planeta, onde a água é evaporada, acumulada em foma gasosa (nuvens) e depois despejada sobre a terra como chuva novamente, fomentando a impressão da água ser infinita. Mas afinal, por que devemos economiza-la? Confira logo abaixo.

Temos muita água.. Mas não.

De fato, temos uma quantidade absurda de água em nosso planeta. Porém, os corpos dos seres humanos não podem metabolizar de forma saudável a água salgada disponível em nosso planeta. Isso se torna preocupante quando sabemos que de toda água disponível no planeta, apenas 2,5%, é própria para o consumo humano, sendo encontrada em rios, lagos, geleiras e lençóis freáticos.

Na verdade, nem temos tanta água assim (Foto: Reprodução)

Cerca de 1 % desses 2,5% estão localizadas nas geleiras, ou seja, não são utilizadas pelos humanos. O restante ínfimo podemos aproveitar, mas estão dispostos de maneira desigual e utilizados de diferentes formas ao redor do mundo.

Como utilizamos a água?

Não só os humanos, mas os animais também precisam de água e a utilizam em grande escala. Porém, as sociedades industriais e agrícolas necessitam da água para abastecer plantações para o cultivo de alimentos e também nos processos industriais de todo tipo.

Além disso, a água poluída que sobra das atividades industriais é frequentemente despejada em rios de água potável, poluindo-os e tornando-os impróprios para o consumo. O mesmo vale para a água utilizada na irrigação das plantações, tendo em vista a quantidade de agrotóxicos que carrega, poluindo não só rios, mas também lençóis freáticos.

A poluição doméstica também é preocupante. Principalmente em regiões menos desenvolvidas no planeta, o despejo de esgoto não tratado diretamente nos rios diminui ainda mais a quantidade de água potável disponível. Tanto em lugares desenvolvidos, como subdenvolvidos, a utilização inadequada da água no ambiente doméstico (hábitos desnecessários) também é presente.

O que pode ser feito?

Em muitos lugares do mundo, a falta de água já é uma realidade. No Brasil, cerca de 13% de toda água potável do mundo está distribuída de forma desigual no território. Apesar do bom número, algumas regiões no país sofrem com pesadas secas e falta de água constante. Outros problemas como a falta de saneamento básico, a poluição agrícola e industrial e os hábitos domésticos na utilização da água colaboram para utilização inadequada da água de nosso país.

Atualmente, muitas leis estão forçando empresas a tratarem a água utilizada nos processos industriais, diminuindo consideravelmente a poluição nos rios. Novos produtos e técnicas agrícolas estão sendo desenvolvidas para resolver parte desse problemas, porém sem avanços dignificativos nessa área.

As mudanças nos hábitos domésticos podem mudar grande parte da situação, além de conscientizar a população e exigir normas mais pesadas do governo federal. Evitar deixar torneiras abertas, banhos demorados, lavagem de calçadas e automóveis com muita frequência já são um bom começo. A instalação de privadas e torneiras que utilizam quantidades menores de água também tem se mostrado efetivo nesse sentido.

Uma atitude importante também é evitar lançar lixo doméstico nos rios e lagos de sua cidade. Além de fazer a sua parte na economia da água, você estará conscientizando as pessoas ao redor com suas ações.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?