DicasFree.com » Doença » Pontos de dor da Fibromialgia

Pontos de dor da Fibromialgia

A fibromialgia é uma doença que afeta mulheres comum e pode levar à sensações intensas de dores em determinados lugares. Para entender melhor sobre a mesma e ainda conferir seus pontos de sensibilidade, confira neste artigo.

     

O que é?

A fibromialgia é uma síndrome que afeta algumas áreas específicas do corpo de uma pessoa. As dores podem se espalhar por longos períodos e atingir várias partes do corpo. O mais comum é a intensa sensibilidade nas articulações, em tecidos moles e nos músculos.

A doença pode trazer fadiga, dores de cabeça, ansiedade, depressão e distúrbios relacionados ao sono. Pode ser causada por diversos fatores de saúde, bem como traumas intensos de cunho físico ou emocional, insônia e infecções em qualquer lugar do corpo.

Mulheres entre 20 e 50 anos são as mais propensas para desenvolver a doença, existem outras que podem ser idêntica e até serem confundidas com fibromialgia. Essas são:

» Dores crônicas (pescoço e costas)

» Síndrome da fadiga

» Depressão

» Hipotireoidismo 

» Doença de Lyme

Pontos de dor

Existem pontos de dores mais sensíveis e propensos ao desconforto quando se tem a fibromialgia. Esses costumam apresentar uma característica peculiar, a simetria. Ocorrem em ambos lados do corpo, na mesma proporção e localização, simetricamente correto.

Os principais pontos são:

Fibromialgia (Foto: Reprodução)

» Laterais inferiores frontais do pescoço

» Parte superior do tórax

» Parte interna dos cotovelos

» Logo acima da parte interna dos joelhos

» Nuca 

» Alto dos ombros

» Alto das costas (omoplatas)

» Acima das nádegas

» Quadris 

Uma informação importante sobre a doença, é de que ela não é um transtorno consistente. Isso significa que não há lado ou lugar extremamente correto para que sejam sentidas as dores, elas podem se alterar sozinhas e sem controle. A intensidade das mesmas, também, dependem exclusivamente do seu corpo.

Em todos os casos, você deverá manter acompanhamento médico e se orientar através de especialistas sobre os possíveis medicamentos que amenizam a dor e os tratamentos adequados para o seu específico caso. A terapia mental e emocional são dois pontos que fazem parte direta do tratamento.

Principais sintomas da doença

» Agressividade ou raiva

» Mudanças de apetite

» Desamparo

» Pânico ou medo

» Menos sono

» Mais sono

» Problema de concentração

Há vários tipos de profissionais que são especializados na área da doença, contudo você precisará encontrar aquele que melhor lhe cabe ao caso. Psicólogos e psiquiatras são os principais ajudantes no tratamento. Entenda que a doença é mais mental do que física, sendo assim, o tratamento também deverá tomar âmbitos psíquicos.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?