DicasFree.com » Gravidez » O que é parto á termo

O que é parto á termo

O tempo estimado, desde a concepção até o nascimento do bebê, também é padronizado para indicar os melhores períodos para o nascimento saudável. Saiba mais sobre esse assunto, conferindo este artigo.

     

A concepção é um assunto complexo, apesar de parecer bem simples na prática. Mesmo que a gestante tenha ficado longe de problemas durante todo o período gestacional, ainda pode correr o risco de ter o bebê antes ou do depois do prazo mais saudável, segundo as indicações da Organização Mundial de Saúde.

Principalmente por causa do aumento das cesarianas (método cada vez mais realizado no Brasil), foi necessário estabelecer, mediante pesquisas e levantamentos científicos, o tempo correto para fazer a intervenção cirúrgica e garantir que o bebê nasça saudável e bem desenvolvido.

Parto à termo

Nascidos a termo são menos propensos a desenvolver problemas de saúde (foto: reprodução)

Nascidos a termo são menos propensos a desenvolver problemas de saúde (Foto: Reprodução)

O parto a termo é considerado o mais seguro, devido ao tempo de gestação que nesse caso, torna-se ideal para que o bebê tenha um desenvolvimento dentro do esperado, diminuindo a incidência de problemas de saúde durante a vida. Bebês que nascem fora desse padrão possuem tendências a desenvolver problemas respiratórios e de aprendizado, por exemplo.

Até meados de 2012, o bebê nascido entre a 37ª e 42ª semana de gestação era considerado a termo. Porém, recentes estudos realizados nos Estados Unidos acabaram modificando esse padrão naquele país. Agora, os bebês que nascem a termo devem vir ao mundo entre a 39ª a 41ª semana de gestação. No Brasil, o padrão é bem parecido com o americano, considerando até mesmo os nascidos em na 38ª semana como prematuros.

Os bebês nascidos entre a 37ª a 39ª semana de gestação, segundo o novo padrão, são considerados a termo inicial, ou prematuros. Os bebês nascidos depois da 42ª semana de gestação são considerados a termo tardio e também podem desenvolver problemas de saúde.

Apesar dessa mudança parecer recente, a verdade é que já existe um diálogo há mais tempo entre universidades brasileiras sobre o assunto. Atualmente, o Brasil segue uma regra parecida, considerando como a termo entre a 39ª a 41ª semana de gestação.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?