DicasFree.com » História » O iluminismo resumo: o que foi, o que defendiam e histórico

O iluminismo resumo: o que foi, o que defendiam e histórico

O iluminismo foi uma das principais correntes teóricas europeias e influenciaram de forma muito abrangente os sistemas políticos, a filosofia e a ciência. Entenda o que foi o iluminismo clicando no post.

     

Assolados pelos pesados sistemas absolutistas, os países europeus por muito tempo viveram sobre grande imposição estatal e quereres de seus monarcas. Os limites dos mandos e desmandos do rei pairavam do profano ao sagrado e pareciam não ter mais fundamentação para o tempo histórico daquele continente.

Ao florescer do século XVII, as primeiras ideias iluministas surgem na Europa, e em especial, na França. Paris será a cidade com mais argumentação iluminista por muitos anos. Com ideais de liberdade, racionalidade, liberdade religiosa, autonomia e a menor intervenção estatal, os iluministas consagraram sua luta idealista contra os sistemas monárquicos europeus.

Revolução Francesa - influência direta do iluminismo

Revolução Francesa – influência direta do iluminismo (Foto: Reprodução)

Apelo ao cientificismo

Apesar de criticarem os modelos políticos que cerceavam a liberdade e a conjuntura econômica e individual nos Estados europeus, os iluministas também atacaram o que era imposto pela igreja. Indo de encontro a tudo que era estabelecido pelos dogmas cristãos, os adeptos ao iluminismo problematizaram a questão dos dogmas e a compararam com o atraso da sociedade.

Dessa forma, esses estudiosos acabaram por elaborar e incentivar a contemplação de teorias científicas que abarcassem os fenômenos até então somente explicados pela fé. Um termo muito utilizado que ficou famoso foi o “antropocentrismo”, ideia que instituía o homem no centro do universo e não a figura de Deus.

Influências do Iluminismo

O marco de mais importância desses movimentos iluministas aconteceu em meados do século XVIII. Vários autores importantes já expressavam e difundiam suas ideias não só na França, mas em muitos países da Europa que cada vez mais tendiam-se a aceita-los de diversas formas.

Como influência ideológica direta, podemos citar a Revolução Francesa como filha do iluminismo. Com ideias de Liberdade, Fraternidade e Igualdade, a Revolução Francesa destronou e decapitou a monarquia absolutista da França. Logo, com o avanço napoleônico, mais monarquias absolutistas cairiam sob o domínio militar e ideal francês.

Outro marco importante influenciado pelos ideais iluministas foi a concepção de liberalismo. Tal corrente política vigoraria na América após a Independência dos Estados Unidos, ocorrida no mesmo século, antes mesmo da revolução francesa. O liberalismo permitiria a iniciativa privada, o individualismo, a liberdade econômica e menor intervenção estatal na economia.

Principais autores

Podemos citar como principais pensadores do iluminismo, Montesquieu, Diderot, Voltaire, John Locke, D’Alembert e Rousseau. Esses pensadores contribuíram tanto para o entendimento humano sobre si mesmo e demais relações das ciências naturais (como John Locke) como também relações políticas, como a instituição e divisão dos poderes Legislativo, Executivo e  Judiciário, defendido por Montesquieu.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?