DicasFree.com » Questões Sociais » Nova Identidade Digital

Nova Identidade Digital

Se você deseja obter informações sobre a nova Identidade, acompanhe este artigo e descubra mais sobre preços, condições e o que é o RIC.

     

Nova Identidade Digital

O que nós conhecíamos como RG (Registro Geral) agora ganhou novo nome, designer e forma. Ele se chama RIC que significa exclusivamente Registro de Identidade Civil. A Nova Identidade Digital possui traços bem diferentes da antiga, além da grandiosa e avançada tecnologia.

O cartão magnético possui um chip, como nos cartões de banco que costumamos utilizar para sacar dinheiro ou fazer compras. Todos os dados pessoais de uma pessoa podem estar inclusos nesse mesmo chip e o mesmo está previsto para substituir o que conhecemos como RG em pouco tempo.

O tempo que se tem previsto é que em cerca de 10 anos toda população brasileira tenha feito seu RIC. Ele ainda possuirá alguns detalhes como foto, data de nascimento, sexo, filiação, naturalidade e assinatura. Os primeiros a realizar o processo, ganharam suas identidades grátis, hoje em dia não funciona mais assim.

A efetuação da nova identidade pode ser feita a qualquer momento, desde 2011. 

Onde tirar o RIC?

Os órgãos de expedição desse tipo de documento continuam os mesmos. Dependendo da cidade, é possível que a Identidade seja retirada junto a Delegacia de Polícia ou em outros casos, em postos de atendimento rápido, como o Poupa tempo em São Paulo. Os seus dados serão recolhidos e assim dará início ao processo.

        Identidade Digital           (Foto: Reprodução)

A sua assinatura digital também será providenciada em seguida, com impressões digitalizadas e dados referentes a pessoa que solicita. As informações contidas junto a sua inscrição será mandada a órgãos regionais via links. Logo após isso, estarão em posse do órgão central em Brasilia.

Segundo um arquivo de dados, a nova identidade será requerida e comparada com a anterior. Após esse longo processo o seu RIC será gerado. Você terá um número (como na identidade anterior) e poderá utilizá-lo normalmente. Cada brasileiro possui um RIC único.

Depois de passado os processos, o órgão regional estará com o seu documento. O novo número pode ter um valor entre R$12 e R$17 reais. O sistema é complexo e totalmente tecnológico. O microchip encontrado no mesmo, terá gravações feitas a laser. Segundo o Governo, essa é uma boa forma de evitar falsificações.

Além disso, o novo método de identificação tem como função agilizar os processos naturais. Dentro desse chip estarão dados do seu CPF, passagem pela polícia e todas as informações necessárias sobre o seu estado junto a Justiça Brasileira. Evitando assim, uma quantidade absurda de documentos de identificação.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?