DicasFree.com » Menstruação » Menstruação atrasada e corrimento

Menstruação atrasada e corrimento

A menstruação atrasada pode ser um problema para mulheres que possuem ciclos regulares, quando está acompanhada do corrimento a atenção deve ser dobrada. Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe este artigo.

     

Menstruação atrasada e corrimento

O atraso da menstruação e o corrimento pode ser consequência de vários problemas relacionados a saúde íntima da mulher. Essa pode ocorrer devido a infecções, gravidez, problemas com ciclo irregular e outros que afetam até mesmo a fertilidade feminina.

O primeiro passo, quando houver o atraso, é procurar o seu médico ginecologista e pedir orientações quanto ao seu quadro. Ele lhe indicará certamente uma maneira eficaz de romper com a possível infecção e impedir o avanço de doenças íntimas. Também é recomendável que cesse as relações sexuais nesse período.

Dentre as doenças e complicações que podem surgir de tal evento, estão:

  • Gravidez
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Interrupção de pílula anticoncepcional
  • Infecção
  • Doenças
  • Mudanças recentes no peso corporal
  • Obesidade
  • Distúrbios alimentares
  • Excesso de atividade física
  • Problemas na tireoide
  • Menopausa
  • Amenorreia
  • Amamentação
  • Ovários policísticos

Quando esse atraso está acompanhado de corrimento, é preciso visualizar que tipo de corrimento é. Primeiro, a cor, cheiro e a textura do mesmo pode denotar problemas de gravidade alta, média ou baixa. Indicaremos os principais tipos de corrimentos e suas reações:

Mulher

Corrimento marrom – Caracteriza problemas de infecção grave que podem levar a infertilidade e ao desenvolvimento de câncer no colo do útero. É necessário procurar um médico especialista o mais rápido possível.

Corrimento amarelado – Indica infecção de cunho leve, sendo também necessário o auxílio de um médico especialista. A infecção pode gerar infertilidade e desenvolver tipos mais graves de corrimento, como o marrom.

Corrimento esbranquiçado – O corrimento esbranquiçado tem relação com infecções leves. Mas caso não haja tratamento adequado junto a um especialista, é possível que a mulher desenvolva tipos de corrimentos graves.

Corrimento transparente – Esse é o tipo mais comum e geralmente não está ligado a nenhum tipo de infecção, e a lubrificação natural da mulher.

OBS: Os corrimentos devem ser atentamente observados quando apresentarem sintomas como coceira, dores ao urinar, e dores durante a relação sexual.

Os tratamentos para cada tipo de problema pode ser orientado através do seu quadro clínico. Para descobri-lo será essencial o auxílio de um médico e a realização de exames. O seu parceiro sexual deve também ser tratado e durante esse período os médicos recomendam que a mulher não tenha relações com seus parceiros.

Na maioria dos casos (exceto gravidez), é possível que apenas medicamentos leves possam acabar com a infecção. Lembrando sempre que os cuidados com seu órgão genital é indispensável, como a lavagem cerca de 2 vezes ao dia e em alguns casos utilizando pomadas.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?