DicasFree.com » Saúde » Malefícios das guloseimas na infância

Malefícios das guloseimas na infância

Entenda através deste artigo a importância da boa alimentação, também saiba mais como impedir que as guloseimas gerem problemas. Confira!

     

Que a criançada adora doces é certeza! Mas é bom não deixá-las tão à vontade assim… Desde os primeiros anos de vida, incentivá-las a promover uma alimentação saudável é muito importante e eficaz no seu crescimento.

Dentre todos os períodos de nossa vida, a infância é o de maior exigência e cuidados com a alimentação. Isso porque é nela que acontece o processo de desenvolvimento e formação de toda estrutura corporal. É bom que até mesmo os pequeninos saibam quais são os seus limites e leve-os para todos os períodos da vida.

Os pais, tidos como responsáveis pela saúde do filho, devem impôr limites. Se não houver nenhuma autoridade, a criança se achará no direito de pegar por diversas vezes “aquele pacote de balas” na prateleira do supermercado.

Malefícios das guloseimas são diversos.
(Foto:Reprodução)

No mundo das guloseimas há doces de diversas cores, tamanhos e formatos. Esses produtos estão se tornando cada vez mais artificiais. Infelizmente, as crianças são as maiores vítimas dessa publicidade e acabam sendo encurraladas de forma direta e indireta quanto ao consumo excessivo destas tentações.

Quando relacionamos as formas, referimo-nos às abordagens realizadas para atraí-las, seja na escola ou nas ruas (principalmente loja de brinquedos e supermercados). As propagandas abusam das cores e sabores, bem como aromas. Atenção! Aí é que mora o perigo. Por trás deste mundo mágico e colorido das guloseimas, estão os açucares e o alto valor calórico, desprovidos de nutrientes, vitaminas e sais minerais.

Aos pais

Os pais devem saber trocar os doces por frutas ou sucos naturais… Mas como fazer isso? Comece aos poucos. Traga às crianças a alimentos saudáveis através de cores, carinhas e desenhos. De uma boa alimentação virá toda sua trajetória.

A obesidade infantil é uma triste realidade em países como Estados Unidos e alguns da Europa, principalmente na Grã-Bretanha. No Brasil, os números também são alarmantes, geradores de consequências graves.

O excesso de gordura no corpo de uma criança pode causar:

  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Maior produção de insulina
  • Depressão, por sofrer bullying

Todas essas doenças acabam por levar a óbito se não tratadas, quando uma pessoa é afetada logo em idade infantil, o risco de morte durante a juventude é ainda maior. Os pais podem e devem adotar medidas educativas com relação a alimentação, um dos primeiros passos é fazer com que elas experimentem de tudo um pouco.

Também converse com um profissional da área de saúde infantil e um nutricionista que indicará um cardápio adequado para cada idade. Cuide do seu filho quando ele ainda pode ser controlado e evite uma idade adulta deficiente!

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?