DicasFree.com » História » Invasões francesas no Brasil resumo completo

Invasões francesas no Brasil resumo completo

As ocupações francesas em territórios brasileiros fizeram parte de um processo conflituoso europeu e do desejo imperialista. Entenda melhor clicando no post.

     

Após a descoberta do Novo Mundo pela Espanha e por Portugal, essas duas nações as quais chamamos de ibéricas, decidiram fazer uma grande partilha das novas terras entre elas. Para as nações ibéricas, o sucesso na descoberta desses novos territórios era a maior prova de sua pré disposição divina de conquista e de levar o catolicismo a todo o mundo.

Apesar de igualmente cristã, o restante da Europa estava experimentando as doutrinas protestantes, diminuindo consideravelmente o poder da igreja católica naquele continente. Dessa forma, a partilha das novas terras feitas por Espanha e Portugal (Tratado de Tordesilhas) soou estranho e injusto para as demais nações.

França Equinocial

França Equinocial

Como a imensidão de terras descobertas não poderiam ser vigiadas em todos os cantos pelas duas nações ibéricas, outros países europeus financiaram expedições para também ter alguma terra e expandir seus lucros e poderes imperialistas. Essas ocupações são chamadas de “invasões”, tendo em vista que Espanha e Portugal reconheciam aquelas terras como pertencentes a Ibéria.

Ocupações francesas

Vários países europeus tentaram estabelecer colônias em território português e espanhol. A França foi um dos reinos que se lançou nas expedições ultramarinas, estabelecendo um série de colônias em solo americano. A chamada França Antártica foi a primeira tentativa francesa de se estabelecer em território luso americano.

Vindo ao Brasil em 1555, a expedição francesa tentou se estabelecer na Bahia de Guanabara sem nenhum sucesso. Depois se estabeleceram na Ilha de Serigipe, onde estabeleceram fortificações e constituíram uma espécie de vila colonial chamada Villegagnom.

Essa expedição contava com francesas protestantes, católicos e calvinistas trabalhando juntos. Devido as diferenças de crenças e doutrinas, logo Villegagnom se auto destruiria e grande parte dos moradores seria executados entre si. A expedição portuguesa de 1560 daria por fim a ocupação francesa na ilha.

Já em 1587, a França tinha como grande objetivo dominar quase todo o nordeste brasileiro. Com grandes planos de ocupação territorial e uma grande aliança com várias etnias indígenas, o grande plano acabou não dando certo devido a crises políticas e econômicas na Europa. Apesar disso, os franceses ainda continuaram a vir ao nordeste, recolhendo pau brasil e estabelecendo pequenas vilas e fortificações. Foram expulsos em 1597 por tropas do capitão mor de Pernambuco.

Também em 1594, a presença francesa em terras do Brasil colônia ainda perduravam e prosperavam na Ilha de Saint Louis, um nome dado em homenagem ao monarca francês Luis. Localizada no atual Estado do Maranhão, hoje o local ainda preserva o mesmo nome em português, São Luis. Os franceses que ali se estabeleceram foram expulsos de m 1615 pelos portugueses. Essa colonização francesa ficou conhecida como França Equinocial.

Além dessas invasões, a frança era conhecida por seus corsários, ou seja, piratas que roubavam navios e saqueavam fazendas nas colonias. Várias ilhas no Brasil serviram de ponto de encontro ou esconderijo dos corsários franceses, inclusive a atual ilha de Fernando de Noronha, parte do território de Pernambuco.

A última disputa francesa com relação aos territórios brasileiros se deu já no século XIX, com relação aos limites territoriais da Guiana Francesa para com o Estado do Amapá no Norte brasileiro.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?