DicasFree.com » Mulher » Infecção na região íntima feminina causada por fungos

Infecção na região íntima feminina causada por fungos

Saiba neste artigo os detalhes sobre o acometimento das infecções na região íntima feminina. Informe-se sobre a prevenção, sintomas, diagnósticos e hábitos que podem propagar o surgimento de fungos. Acompanhe!

     

Infecções na região íntima feminina são bastante comuns em qualquer idade, essas são causadas, na maioria das vezes, por micro-organismos presentes no local. Naturalmente o espaço íntimo feminino contém várias bactérias que desestimulam o crescimento de leveduras, o que torna a mulher ainda mais vulnerável ao desenvolvimento de tais quadros clínicos.

Caso as bactérias não consigam combater os agentes, os riscos do surgimento de fungos é alto e pode ser transmitido pelo candida albacans. Devido a isso, existe a necessidade de terapias agressivas no tratamento.

Mulher  (Foto:Reprodução)

O risco de contrair uma infecção pode aumentar de acordo com alguns fatores, como:

  • Uso de antibióticos;
  • Diabete mal controlada;
  • Uso de medicamentos como corticoides que afetam o sistema imunológico e aumenta as chances de infecção fúngicas;
  • Ducha íntima frequente;
  • Uso de peças íntimas que aquecem muito a região;
  • Higienização com frequência.

Na maioria das vezes a infecção pode ser transmitida por meio do contato íntimo, mas a infecção por fungos não é considerada uma DST, uma vez que o fungo está presente na região íntima de forma natural e as complicações podem acontecer mesmo que a mulher não mantenha relacionamentos íntimos ativos.

Os sintomas da infecção por fungos são:

  • Coceira e irritação;
  • Sensação de ardor,;
  • Inchaço;
  • Dor;
  • Secreção branca espessa.

Os sintomas graves da infecção são:

  • Diabete desregulada;
  • Infecções recorrentes;
  • Desenvolvimento de feridas.

OBS: Com estes, mesmo moderados, é preciso procurar ajuda médica.

O profissional fará diversas  perguntas para obter um diagnóstico detalhado, também pedirá maiores informações por meio de exames de sangue e cultura de secreção da região íntima. O tratamento dependerá muito da gravidade, para sintomas leves e moderados o médico pode recomendar a aplicação creme antifúngico e dose do medicamento via oral antifúngico.

Em casos mais graves, dá-se a aplicação do creme antifúngico por um tempo mais prolongado na região e outros tipos de medicamentos antifúngico de uso também prolongado. Lembrando que o mesmo não é recomendado durante a gravidez.

A infecção por fungo pode obter a cura por conta própria, geralmente quando inicia o ciclo menstrual. O sangue menstrual tem o poder de impedir que células fúngicas cresçam, por possuir um alto nível de Ph em sua composição. Mas também é preciso fazer sua parte e se prevenir.

Como prevenir?

  • Dieta balanceada;
  • Controle de diabetes;
  • Evitar uso de antibióticos de forma desnecessária;
  • Ter bons hábitos de higiene íntima;
  • Evitar tecidos sintéticos;
  • Não realizar duchas íntimas.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?