DicasFree.com » Escolar » Função de cada osso do corpo humano

Função de cada osso do corpo humano

O esqueleto é composto por todos os ossos do corpo humano. Ele é responsável pela nossa flexibilidade, força e até movimentação. Entenda mais sobre o assunto aqui no Dicas Free.

     

Função de cada osso do corpo humano

O esqueleto (composto de ossos) é uma das partes mais funcionais e importantes do corpo do ser humano. Quando está saudável, nos permite fazer várias movimentações como andar, falar, mexer mãos e braços, pernas e demais músculos. Lembrando também que os responsáveis pelas nossas movimentações são os músculos, contudo eles necessitam do auxílio do esqueleto.

Além disso, ele faz diretamente a proteção de órgãos vitais, aqueles responsáveis por nos manter vivos. Bons exemplos disso são:

Crânio – Proteção do cérebro.

Caixa torácica – Proteção das costelas, coração e pulmões.

Existem ao todo, cerca de 206 ossos num corpo humano. Seus tamanhos podem ser variados de acordo com o formato, com apresentação também de nomes distintos. Alguns deles chegam a ser minúsculos, como por exemplo o estribo, localizado na área do ouvido, medindo apenas 0,25cm.

Outros também considerados gigantes como o fêmur que chegam a ter 50 centímetros, localizado na área superior da nossa perna. O corpo não é formado somente por ossos e músculos, ele também apresenta cartilagens, ligamentos e tendões. Para entender quais são vamos separá-los em partes do corpo. Mas antes, receba informações sobre as funções, divisões e outros assuntos relacionados ao esqueleto.

Funções

  • Sustentar o organismo
  • Apoiar o corpo
  • Proteger as estruturas vitais
  • Servir de base mecânica para o movimento
  • Armazenar sais
  • Suprir células sanguíneas novas

Divisão do esqueleto

O esqueleto é divido em duas partes, chamadas de:

  • Axial
  • Apendicular

Cada uma dessas áreas consiste em fazer a composição de diferentes ossos, a axial por exemplo relaciona-se com os ossos da cabeça, do pescoço e do tronco. Enquanto a apendicular consiste na formação dos membros superiores e inferiores. A ligação entre os dois é feita através da cintura escapular e pélvica.

Classificação dos ossos

Ossos longos – Todos aqueles que possuem comprimento maior que os demais, geralmente tem sua constituição feita em duas extremidades. Apresentam curvatura pendida, acabando por garantir uma resistência muito maior que os demais ossos do corpo humano.

Ossos curtos – Seus comprimentos são praticamente iguais com larguras também condizentes uns aos outros. Em seu interior estão inclusos ossos esponjosos, cobertos por uma camada fina de tecido ósseo compacto.

Ossos laminares – Mais conhecidos por serem finos, os ossos laminares geram uma maior proteção nas áreas geradoras de músculos. Bons exemplos disso são o Frontal e o Parietal.

Ossos alongados – Geralmente possuem uma formação achatada, sem apresentação de canal central e geralmente são mais longos que os demais. As costelas são especialmente formadas desses tipos de ossos.

Ossos pneumáticos – Apresentam-se ocos, também conhecidos por ter um interior cheio de ar, são mais leves e possuem volume maior.

Ossos irregulares – Com uma formação totalmente complexa, os irregulares não podem ser unidos a nenhum outro tipo de osso. Formados por ossos esponjoso e compacto, as vértebras são as principais formações com esses tipos.

Ossos sesamóides – Os ossos sesamóides são encontrados preferencialmente no interior de vários tendões. Seu tamanho pode variar de acordo com a estrutura corporal de uma pessoa. As patelas são ossos sesamóides e estão presentes em todos os seres humanos ou na maior parte.

Ossos suturais – Os suturais estão localizados dentro das articulações. Também é outro tipo de osso que pode variar de acordo com a estrutura corporal de uma pessoa.

Ossos da cabeça (Foto: Reprodução)

Cabeça

  • Frontal
  • Parietal
  • Temporall
  • Occipital
  • Esfenoide
  • Etmoide
  • Zigomáticol
  • Maxilarl
  • Nasall
  • Mandíbula
  • Palatino
  • Lacrimal
  • Vômer
  • Concha nasal inferior

* Todos responsáveis por fazer a movimentação do maxilar, proteção do cérebro, formação das orelhas, boca, nariz e demais atividades referentes ao rosto humano.

Ouvido (Foto: Reprodução)

Ouvido

  • Martelo
  • Bigorna
  • Estribo

* Responsáveis exclusivamente para emitir sons, proteger músculos e ajudar o canal auditivo. 

Pescoço (Foto: Reprodução)

Pescoço

  • Hioide

* O osso do pescoço é responsável por segurar o crânio e fazer ligação com o corpo. 

Cintura escapular (Foto: Reprodução)

Cintura escapular (ombro)

  • Clavícula
  • Escápula

* Também responsável por fazer a sustentação do corpo e crânio, em conjunto com os ossos do pescoço.

Tórax (Foto: Reprodução)

Tórax 

  • Esterno
  • Costelas

* Ossos responsáveis por fazer a proteção de alguns órgãos vitais como o coração, pulmão, etc. 

Coluna vertebral (Foto: Reprodução)

Coluna vertebral

  • Vértebras cervicais
  • Vértebras lombares
  • Vértebras torácicas
  • Vértebras sacrais
  • Vértebras coccígeas

* A coluna é uma das partes composta por ossos mais importante do corpo. Ela faz a sustentação do mesmo de maneira intensa, em caso de fraturas ou problemas afeta toda a estrutura corporal geral. 

Braço (Foto: Reprodução)

Braço

  • Úmero
  • Ulna
  • Rádio

* Os ossos dos braços são responsáveis pela movimentação das mãos, dos punhos e dos cotovelos. Eles requerem boa estrutura para garantir força e bom condicionamento. 

Mão (Foto: Reprodução)

Mão (punho e palma)

  • Escafoide
  • Semilunar
  • Piramidal
  • Pisiforme
  • Trapézio
  • Trapezoide
  • Capitato
  • Hamato
  • Metacárpicos

* Toda movimentação utilizada no ato de escrever, pegar algo, fechar os dedos, equilibrar o tato, etc dependem dos ossos que compõem a mão, o punho e a palma. 

Dedos

  • Falange proximal
  • Falange média
  • Falange distal

* Também agem de acordo com a movimentação dos dedos. 

Cintura pélvica (Foto: Reprodução)

Cintura pélvica

  • Ílio
  • Ísquio
  • Púbis
  • Sacro
  • Cóccix

* Ossos responsáveis por fazer a região pélvica, bem como a virilha. 

Perna (Foto: Reprodução)

Perna

  • Fêmur
  • Patela ou rótula
  • Tíbia
  • Fíbula ou perônio

* A movimentação e a sustentação dos músculos da perna são completamente equilibrados pelos ossos citados acima. 

Pé (Foto: Reprodução)

  • Calcâneo
  • Tálus
  • Navicular
  • Cuneiforme medial
  • Cuneiforme lateral
  • Cuboide
  • Metatarsais
  • Falanges proximais
  • Falanges mediais
  • Falanges distais

Curiosidade

Nós dependemos do esqueleto para manter o corpo saudável com movimentação correta e direção. Uma curiosidade realmente interessante, é quando somos crianças recém nascidos, possuímos muito mais que 206 ossos. Ao todo são contabilizados cerca de 270.

Esses ossos vão se difundindo, até formar ossos maiores e crescerem de acordo com nosso corpo. As conhecidas “moleiras” são responsáveis por toda formação do crânio, o mesmo acontece com os ossos da bacia. Na adolescência é que geralmente eles tendem a se formar e equilibrar o corpo adultos.

Quantidade de ossos

  • Ossos do crânio – 06
  • Ossos da face – 08
  • Ossos do ouvido – 03
  • Ossos do pescoço – 01
  • Ossos da cintura escapular – 02
  • Ossos do tórax – 25
  • Vértebras cervicais – 07
  • Vértebras lombares – 05
  • Vértebras torácicas – 12
  • Vértebras sacrais – 05
  • Vértebras coccígeas – 04
  • Ossos do braço – 04
  • Ossos da mão – 09
  • Ossos dos dedos – 03
  • Ossos da cintura – 05
  • Ossos da perna – 04
  • Ossos do pé – 08
  • Ossos dos dedos – 03

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?