DicasFree.com » Saúde » Feridas no útero sintomas, causas e tratamento

Feridas no útero sintomas, causas e tratamento

As feridas no útero são um problema que atingem muitas mulheres em todo o mundo. Para identificar se este é o seu caso ou de alguém próximo, acompanhe este artigo e saiba mais.

     

Feridas no útero

Quando a mulher inicia sua vida sexual, começa a estar sujeita há vários problemas. Primeiramente que seu corpo sofre alterações, que são completamente normais na vida de qualquer uma. Dentre todos esses problemas, o mais perigoso é no caso do surgimento de feridas no colo do útero ou no órgão genital feminino.

As feridas, podem ser derivadas de câncer no útero, e essa mesma doença pode chegar a levar a morte. Por isso, é muito indicado que a mesma esteja se prevenindo para que seus problemas íntimos sejam descobertos o quanto antes, possibilitando um tratamento adequado para tal. O papanicolau é o exame que deve ser feito semestralmente.

O câncer no útero, pode ser derivado de uma infecção. Primeiramente o que aparece são os corrimentos de cheiro ruim e espessura grossa. Uma das principais causas é o início da vida sexual ainda muito cedo, por meados dos 12 a 18 anos. Esse tipo de problema proporciona além das feridas, muito desconforto.

feridas no útero

Sintomas

O primeiro e mais evidente sintoma são as feridas que muitas vezes chegam a ser aparentes. Depois de quaisquer desconfianças, você precisa procurar um médico. Os sintomas são bastante evidentes, geralmente há uma forte dor localizada muito próxima ao útero, também dificuldade na hora de urinar.

Outros sintomas são, sangramentos durante relações sexuais, corrimentos de cheiro forte, feridas que não se cicatrizam e todo tipo de desconforto na região genital feminina. Aos primeiros sinais, você deverá se consultar com um ginecologista e então pedir orientações sobre quais os próximos passos.

Causas

As principais causas são o desleixo com as regiões íntimas, troca múltiplas de parceiros sexuais, o uso de anticoncepcionais com dosagem muito alta, alterações hormonais, bactérias, infecções e muitas outras. É ideal que você mantenha seu cuidado íntimo e sempre esteja atento a lavagem das peças íntimas.

Tratamento

Os tratamentos são indicados a partir de um profissional na área ginecológica. Todos esses são feitos por indicações médicas e só podem ser exercidos através de equipamentos especializados. Chamado de eletrocauterização, o mesmo consiste na cicatrização das feridas mais rapidamente.

Se você mantinha relações sexuais sem preservativos e a pouco tempo descobriu o problema, é ideal que também convença seu parceiro a participar do tratamento. Em muitos casos, eles podem ser tratados através de medicamentos, mas somente o seu médico poderá orientar qual o mais adequado para você.

Texto do mesmo assunto:


Quer comentar ?